• Gui Ribeiro

A INTER É CAMPEÃ APÓS 11 ANOS

O domingo foi de festa para a torcida Nerrazzurri e Milão virou a capital da Itália nesta temporada. Após 11 anos de espera, a Internazionale sagrou-se campeã da Série A Tim de 2020/2021.

Desde a sua fundação, a Inter vêm conquistando títulos, já nos seus primeiros anos de vida, conquistou o Campeonato Italiano, porém o seu segundo título veio somente dez anos depois. Parecia que a Inter só ganhava título de 10 em 10 anos, chegando assim ao tricampeonato. Nesta época vale destacar o Genoa já tinha 9 títulos que era o maior, seguido Pro Vercelli com 7 títulos (história legal para um Modo Carreira, tentar buscar o décimo e a estrela para o Genoa).


Com a vinda da Segunda Guerra Mundial, a Inter precisou por uma ordem presidencial mudar de nome e se juntar com uma outra equipe de Milão, tornando assim a Ambrosiana-Inter (nome adotado após pressão dos torcedores Interistas), que chegou ao título na temporada de 1939/40. Após o fim da Segunda grande Guerra a Inter voltou ao seu nome adotado até a temporada de 2020/21 - Após o trágico acidente área do Torino, a Inter voltou a vencer o título Italiano, sendo pela primeira vez em sua história sendo bicampeã consecutiva nas temporadas de 1952/53 e 1953/54. Após isso a Inter viveu um ostracismo no campeonato Italiano voltando a vencer somente em 1962/63 com o seu capitão e principal jogador Sandro Mazzola, atacante de classe, um típico camisa 9 (jogou na Inter por 17 anos, 1960 -1977, sendo seu único clube na Carreira, totalizando 565 jogos e atualmente o 4° maior artilheiro com 161 gols). Outro jogador que jogou por anos na Inter é o Giacinto Facchetti (atuou por 18 anos, 1960 – 1978, jogando 634 partidas)

A Inter além de conquistar o Campeonato Italiano, faturou duas Champions League (na época Copa do Campeões). A primeiro em cima do Real Madrid de Puskas, Di Stéfano e Gento. A Inter venceu a Partida por 3x1, com destaque para o Mazzola que marcou dois gols, repetindo a dose e mantendo o elenco, somente com a adição do espanhol Peiró, a Inter desta vez bateu o Poderoso Benfica de Eusébio na final.


Este time não era páreo e conquistou três títulos em quatro anos (entre 1962/1963 até 1965/66), com isso a sua primeira e até então estrala de seu escudo.


Os próximos títulos da Inter somente vieram no começo da década de 70 e no fim, não sendo uma década muito vitoriosa para a Inter.


Foi aí que chegamos na década de 80, para muitos a melhor década do campeonato Italiano, em que havia diversos craques do Futebol Mundial: Na Inter tínhamos Ramón Diaz, Andreas Brehme e Lothar Matthaus, Diego Armando Maradona e Careca no Napoli, Milan de Van Basten, Gullit e Rijkaard. Além de nomes do futebol italiano como Paolo Rossi.


Por se tornar um campeonato mais difícil, a Inter novamente repetiu década passada, ganhando um título no começo e outro no final, apesar de que em vários anos sendo vice-campeã.

A próxima década não começou muito bem para a Inter, tanto que em 1994 a time ficou a um ponto do rebaixamento. Porém, como foi Sevilla atualmente a Inter, enfileirou títulos da Liga Europa (antiga Copa UEFA), sendo ele em 1990/91, 1993/94 e já com a presença de Ronaldo Fenômeno, Cristian Vieri e de Hernán Crespo. A Inter viu em Massimo Moratti o que precisava, alguém que investisse no elenco, para voltou aos títulos na Itália, com ele foram prometidos diversos jogadores, nesta época passaram por lá, Roberto Carlos, Ronaldo, Diego Simeone, Andrea Pirlo, Pagliuca, Zé Elias, Iván Zamorano, Djorkaeff entre outros jogadores notáveis.

Mesmo com todos estes nomes a Inter não levou nenhum título do campeonato Italiano, vendo ainda seus rivais diretos, Milan e Juventus faturarem diversas taças. A Inter só foi ganhar um título novamente 17 anos depois, na época houve um domínio da Inter lideradas pelo Sueco Zlatan Ibrahimovic, em que a Inter conquistou seis títulos, sendo o primeiro por conta do “Calciopoli” (Esquema de manipulação de resultados que rebaixou a Juventus para a série B), sendo em sequência de 2005/06 até 2009/2010, ano que a Inter conquistou o seu terceiro título da Champions League, liderados pelo Samuel Eto’o, Pandev e os brasileiros Maicon, Júlio César e Lúcio. Este que veio para consagrar o período vitorioso Interista.


Na década seguinte, vivemos um domínio da Juventus que faturou 9 títulos em sequência, até que chegamos na temporada atual, após eliminação precoce na fase de grupos da Champions League, a Inter foi para Liga Europa e também foi eliminada cedo, voltando suas atenções para o campeonato Nacional, que via a sua rival de Cidade Milan liderando, com o Ibrahimovic liderando a equipe, foi então que a estrela de Conti começou a brilhar, tendo em sua dupla de ataque letal com Romelu Lukaku e Lautaro Martinez, os homens que liderariam a Inter ao título.

Aliás, Conti precisou confrontar Eriksen que queria mais minutos no time. Se para definir um craque da Inter, eu nomeio Lukaku, líder em assistências do time e vice-artilheiro da competição, até que vem o dia 02/05/2021, data marcante para a torcida Nerazzurri, que com o empate da Atalante contra o Sassuolo, decretou a equipe de Antônio conte campeã pela 19 vez. Será que Conti fará uma nova hegemonia no futebol italiano? (este que desde a temporada 2000/2001 é vencido pela Juventus, Milan ou Inter) ou será que na próxima temporada a Inter conseguirá a sua segunda estrela?


PARABÉNS !!! INTERNAZIONALE


Recent Posts

See All