• Fernando Lima

A LARANJA FOI ESPREMIDA

HOLANDA JOGA MAL E SUCUMBE DIANTE DA SENSAÇÃO REPÚBLICA TCHECA.


HOLANDA 0 X 2 REPÚBLICA TCHECA

Tchecos jogaram melhor e eliminaram a Holanda com méritos. (Foto: Divulgação/UEFA)

Schick marcou seu quarto gol no torneio na vitória da República Tcheca sobre uma Holanda com dez jogadores para chegar às quartas de final, onde uma Dinamarca em boa forma os aguarda.


Numa estreia agitada em Budapeste, ambas as equipas criaram oportunidades rapidamente. No entanto, os homens de Frank de Boer começaram a encontrar o seu ritmo, e a República Checa teve dificuldade em lidar com o ritmo da Oranje. No entanto, Matthijs de Ligt e Memphis Depay desperdiçaram as primeiras chances de assumir a liderança.


Contra a corrente do jogo, Tomáš Souček desviou o alvo após um belo cruzamento de Petr Ševčík e Antonín Barák rematou à queima-roupa, com a equipa de Jaroslav Šilhavý a recuperar rapidamente de uma posição.


Tomáš Vaclík interrompeu uma corrida de Donyell Malen logo após o recomeço, antes de a Holanda ficar reduzida a dez jogadores, com o último jogador Matthijs de Ligt a controlar a bola para evitar um intervalo checo aos 55 minutos.


Os holandeses pareciam abalados e os checos rapidamente capitalizaram quando uma cabeçada poderosa de Tomáš Holeš finalmente abriu o marcador, aos 68 minutos. Mas eles não terminaram ainda. Dez minutos depois, Holeš deu o bote em Patrik Schick para selar a vaga da República Tcheca nas quartas-de-final.


Estrela da partida: Tomáš Holeš (República Tcheca)


CURIOSIDADES DA PARTIDA

· A Tchecoslováquia / República Tcheca venceu quatro dos seus cinco quartas-de-final da EURO.

· Excluindo os pênaltis, a Holanda venceu apenas uma das últimas oito partidas da fase eliminatória da fase final do EURO (V1 E4 D3).

· A Holanda perdeu as últimas três partidas da fase de mata-matas da fase final da EURO.

· A República Tcheca venceu cinco dos últimos sete jogos internacionais contra a Holanda (V5 D2).

· A República Tcheca marcou dois ou mais gols em cinco dos últimos sete jogos internacionais contra a Holanda.

· A República Checa marcou mais de um gol em apenas três dos últimos nove jogos da fase final da EURO.

· O golo de Tomáš Holeš é o primeiro que a República Checa marca nas eliminatórias da EURO desde Milan Baroš, em 2004, neste dia, na vitória por 3-0 sobre a Dinamarca nos quartas-de-final.


Escalações:

HOLANDA: Stekelenburg; Dumfries, De Vrij, De Ligt, Blind (Madeira 81), Van Aanholt (Berghuis 81); De Roon (Weghorst 73), Wijnaldum, F. de Jong; Depay, Malen (Promes 57)


REPÚBLICA TCHECA: Vaclík; Coufal, Čelůstka, Kalas, Kadeřábek; Holeš (Král 85), Souček; Masopust (Jankto 79), Barák (Sadílek 90 + 2), Ševčík (Hložek 85); Schick (Krmenčík 90 + 2)


Tchecos comemoram uma partida épica. (Foto: Divulgação/UEFA)

PRÓXIMO COMPROMISSO

República Tcheca x Dinamarca em Baku, sábado, 3 de julho


O QUE ESPERAR DO CONFRONTO:

Agora veremos uma Dinamarca empolgada e uma República Tcheca que vem crescendo desta sua estreia. Teremos um jogo eletrizante pela vaga nas semifinais no qual aposto que a Dinamarca ainda é a favorita a passar pelo melhor conjunto.

Recent Posts

See All