• Gui Ribeiro

A MALDIÇÃO DOS ENCARNADOS

ENTENDA UM POUCO MAIS SOBRE A GRANDE MALDIÇÃO QUE ASSOMBRA O BENFICA

Quem foi Béla Guttmann?

Foi um dos principais técnicos da história do futebol, para muitos está entre os 30 melhores da história. Como chamamos atualmente ele foi um cigano da bola, com passagens pela Itália, Áustria, Uruguai, Brasil, Hungria, Romênia, Argentina, Grécia, Chipre e Holanda.


Destes foi campeão paulista pelo São Paulo, campeão Húngaro com o Újpest e em Portugal foi pelo dois maiores clubes do País: Porto e Benfica sendo Campeão Nacional em 1960 e Bicampeão da Champions League pelo Benfica


Passagem pelo Benfica:

Sob o comando de Eusébio o Benfica foi dominante no começo da década, vencendo tudo o que disputou, catapultando ainda mais a carreira do técnico Húngaro, foi então que chegamos ao ano de 1962, Béla Guttmann negociava a sua renovação de contrato, e mais do que merecido pediu um aumento de salário que não veio gerando assim uma das maiores lendas do futebol. “A maldição de Béla Guttmann”, em que supostamente teria dito.

“Sem mim, nem em cem anos o Benfica vai conquistar outra taça europeia!”

Pós Béla Guttmann

De fato após a sua saída o Benfica voltou a final da Champions League e ficou com o vice para a equipe da Inter de Milão. Ainda na década de 60 disputou uma nova final da Champions perdendo desta vez para o Manchester United.


Durante a década de 70 o Benfica não fez nenhuma final Europeia.


Chegamos aos anos 80 com o Benfica fazendo a final da que é hoje a Liga Europa para enfrentar o Anderlecht, em que novamente os Encarnados não foram campeões.


Essa suposta maldição só começou a ser especulada após essa final, isso só começou a ser conhecido pelos torcedores depois da final de 1988, naquela mais emblemática, já que foi disputada em Viena, local em que Béla Guttmann está enterrado, aproveitando a partida, Eusébio se dirigiu até o túmulo para pedir que se acabasse ali está “maldição” em que o Benfica enfrentou o PSV, porém saiu novamente derrotado.

Estão contando essa foi a 6° final pós Béla Guttmann.


No final da década de 80, os Encarnados, chegaram novamente a final, desta vez foram enfrentar uma máquina de Milão, o Milan que tinha em seu elenco: Maldini, Baresi, Frank Rijkaard, Van Basten e Ruud Gullit. E novamente os Encarnados perderam.


É meus amigo, palavras tem poder.


Vamos dar um salto no tempo, no maior estilo dos Vingadores.


Nem Jesus salvou da maldição:

Em duas finais com os Encarnados, Jorge Jesus, perdeu as duas, sendo uma para o Chelsea e outra para o Sevilla.


Completando assim 10 finais pós Béla Guttmann e 10 vices.


Voltando para a temporada atual

Nesta próximo quarta-feira, teremos um repeteco da final de 88, será que desta vez o Benfica sairá com algum título Europeu? Serão mesmo 100 anos sem títulos dos Encarnados?


Só o tempo dirá.

37 views0 comments

Recent Posts

See All