• Glênio Heleno Honorato

AOS TRANCOS E BARRANCOS

EMPATE COMPLICA A VIDA DA ESPANHA E SUÉCIA VENCE NA MARRA.


SUÉCIA X ESLOVÁQUIA


Em uma partida sem inspiração de ambos os lados, a Suécia sai vencedora com gol de pênalti.


A Suécia, como no primeiro jogo, veio de uma forma mais retranqueira, e jogava por uma bola, no segundo tempo a Suécia conseguiu um pênalti convertido pelo meia Forsberg.


A Eslováquia após sofrer o gol, teve que sair e tentar se impor, mas esbarrou na ótima defesa da equipe Suécia, que reagia com ótimos contra-ataques com o atacante revelação Isak (Real Sociedad), mas foi só.


Jogador em campo: Isak (Suécia)

CURIOSIDADES DA PARTIDA:

-> A Suécia está invicta até ao momento em 2021, tendo vencido seis e empatado um dos seus sete jogos internacionais no ano civil - também sofreu apenas um gol nos sete jogos.

-> Emil Forsberg é o primeiro jogador sueco a marcar em uma fase final da EURO desde Seb Larsson (19 de junho de 2012 contra a França) - seu único gol no EURO 2016 foi um gol contra.

-> Esta foi a primeira vitória da Suécia em finais de um EURO desde aquela vitória sobre a França em 2012, e a sexta em 22 jogos finais da EURO no total.

-> A Suécia marcou 26 gols na fase final do EURO, com 23 deles no segundo tempo e apenas três no primeiro tempo.

-> A Eslováquia não sofria gols nos últimos seis jogos da EURO.

-> A Suécia e a Eslováquia já se enfrentaram em seis ocasiões, com a Suécia vencendo três e com três empates.


Escalações:

Suécia: Olsen; Lustig, Lindelöf, Danielson, Augustinsson (Bengtsson 88); S Larsson, Ekdal (Svensson 88), Olsson (Claesson 64), Forsberg (Krafth 90 + 3); Isak, Berg (Quaison 64)


Eslováquia: Dúbravka; Pekarík (Haraslín 65), Šatka, Škriniar, Hubočan (Hancko 84); Kucka, Hrošovský (Ďuriš 84); Koscelník, Hamšík (Bénes 77), Mak (Weiss 77); Duda


A Suécia foi melhor defensivamente e achou um pênalti para vencer a partida, em uma das piores partidas tecnicamente desta Euro até aqui.


ESPANHA X POLÔNIA

Após o tropeço de ambas as equipes, a partida tomara um carácter decisivo, pois uma derrota praticamente decretaria a eliminação precoce na primeira fase da Euro, principalmente para a Polônia que havia sido derrotado na primeira rodada.

A Espanha dominou a primeira etapa, e marcou com um lance ajustado pelo VAR, pois a equipe de campo havia assinalado impedimento, mas confirmado o gol pelo VAR de Álvaro Morata em uma assistência de Gerard Moreno. Com o resultado a Polônia estava praticamente fora da Euro.

No segundo tempo a Polônia veio para cima da Espanha brilhando a estrela de Robert Lewandowski, que após assistência Jozwiak igualou o marcador para a Polônia. Apesar de estocadas de ataques de ambos os lados, o jogo terminou em empate.

O empate complicou a vida da poderosa Espanha, que agora precisara em um jogo de vida ou morte vencer a Eslováquia, já a Polônia terá uma vida difícil contra a forte defesa da Suécia.

Jogador em campo: Jordi Alba( Espanha)

CURIOSIDADES DA PARTIDA: -> A Espanha não venceu nos últimos quatro jogos em uma fase final do EURO (E2 D2). -> A Espanha não conseguiu vencer as duas primeiras partidas da fase final da EURO pela primeira vez desde 1996. -> Morata já marcou quatro gols em finais da EURO pela Espanha, um atrás do recorde nacional de Fernando Torres. -> Morata marcou quatro dos últimos cinco gols da Espanha no Campeonato da Europa. -> Lewandowski é o primeiro jogador da Polónia a marcar em três EUROs, após os seus golos em 2012 e 2016. -> Lewandowski já marcou 67 gols em 121 partidas pela Polônia. -> Com 17 anos e 246 dias, o suplente polaco Kacper Kozłowski é o jogador mais jovem a disputar um EURO.

Escalações: Espanha: Unai Simón; Marcos Llorente, Laporte, Pau Torres, Jordi Alba; Koke (Sarabia 68), Rodri, Pedri; Gerard Moreno (Fabián Ruiz 68), Morata (Oyarzabal 87), Olmo (Ferran Torres 61)

Polônia: Szczęsny; Bereszyński, Glik, Bednarek (Dawidowicz 85); Jóźwiak, Moder (Linetty 85), Klich (Kozłowski 55), Puchacz; Świderski (Frankowski 68), Zieliński; LewandowskiConclusão: A Espanha mostrou um ótimo toque de bola, mas somente isto não ganha partida e terá que fazer muito mais se quiser chegar com força nas fases finais da Euro.

A Espanha não soube aproveitar a sua força e técnica e ficou apenas no empate.

PARTIDAS DA TERCEIRA RODADA

ESLOVAQUIA X ESPANHA – Quarta feira, 23 de junho, Sevilha SUÉCIA X POLONIA – Quarta Feira, 23 de junho, São Petesburgo


Recent Posts

See All