• Victor Nunes Freitas

BENGALS VOLTAM A VENCER EM PLAYOFFS APÓS 31 ANOS!

Foram exatos 31 anos e 9 dias para que a torcida do Cincinnati Bengals voltasse a sentir o sabor de uma vitória em Playoffs. A última vitória havia sido no dia 06/01/1991 contra o Houston Oilers (Atual Tennesse Titans) por 41 a 14.


Com a derrota a seca dos Raiders em playoffs continua, sua última vitória foi lá em 19/01/2003, quando ainda mandava seus jogos em Oakland contra o Tennesse Titans por 41-24.



Joe Burrow comemora quebra do jejum após 31 anos! Fonte: @Bengals
Vamos para o jogo...

O JOGO

Primeiro quarto começou com os Raiders ganhando território com corridas de Josh Jacobs e passes completos do Derek Carr para Zay Jones e Hunter Renfrow. A equipe foi acometida por um problema que todo jogo ela sofre e perde jardas que são as faltas da OL, um False Start cometido pelo Darren Waller. A equipe conseguiu chegar até a linha de 28 jardas e converteu o FG com Daniel Carlson. 3-0 Raiders.


Joe Burrow entrou em campo e começou a distribuir passes para o Já’Marr Chase conquistando grandes avanços e as corridas com Joe Mixon também levaram a equipe a Redzone com um Touchdown do C.J. Uzomah e o ponto extra convertido pelo Evan McPherson. 3-7 Bengals.


O lance mais curioso dessa partida foi o retorno do Kickoff que iria para fora e seria falta mais eis que o Kyle Wilber, toca na bola e sai de campo e o time começa o seu drive faltando poucas jardas para a sua endzone. E o que começou desastroso terminou com um Sack seguido de Fumble forçado pelo Trey Hendrickson no Derek Carr.


Recuperada a bola os Bengals tentaram, mas a defesa de LV liderada pelo Maxx Crosby não deixaram completar mais um Touchdown e converteram um FG com McPherson. 3-10 Bengals.

Segundo quarto começou com Cincinnati buscando aumentar a diferença e conseguindo avanços com Mixon e o Chase, até que Burrow foi sacado pelo Quinton Jefferson em uma 3ª decida e tiveram o FG convertido pelo McPherson. 3-13 Bengals.


LV após recuperar a bola tiveram bons avanços com Jacobs chegando até a linha de 10 jardas convertido com um FG pelo Carlson. 6-13 Bengals.


A conexão Burrow-Chase continuou funcionando e conquistando avanços de jardas e com a defesa de LV apertando o calouro, Burrow passou a distribuir os passes para o Uzomah e o Boyd. Em um lance bem discutido pela TV americana, os Bengals marcaram o TD com o Boyd, porém segundo foi falado que a arbitragem havia apitado alegando que o Burrow havia saído de campo, o que não foi, e por terem apitado o TD deveria ser anulado e voltar ao início da jogada. A arbitragem estava perdida no jogo não voltou o lance e o TD foi confirmado e convertido o ponto extra. 6-20 Bengals.


LV recupera a bola e consegue avanços curtos com passes distribuídos para Renfrow e Edwards. Em uma corrida Derek Carr consegue um avanço de 20 jardas. Carr consegue conectar mais alguns bons passes até marcar o TD com o Zay Jones e ter o ponto extra convertido. 13-20 Bengals.


Terceiro quarto foi mais morno onde as defesas conseguiram anular muitos drives e isso fez com o jogo desse uma baixada na movimentação. Os Bengals conseguiram um FG com bons avanços do Mixon e ainda com aquela conexão muito falada até aqui Burrow-Chase. 13-23 Bengals.


Quarto quarto LV veio disposto a levar o jogo para a prorrogação ou até consegui uma vitória até então improvável, passes foram conectados com Renfrow, Waller e Edwards o que fez a equipe chegar à linha de 16 e converter o FG. 16-23 Bengals.


Cincinnati com bons passes distribuídos e boas corridas do Mixon, chegaram a linha de 10 jardas de LV, porém não conseguiu mais uma vez converter o TD e acabou com o FG. 16-26 Bengals.


Após o retorno LV acelerou o jogo e Carr conseguiu passes curtos e um big play com o Jackson e se aproximaram da redzone até a linha de 10 jardas onde tiveram que converter o FG e a pontuação voltar para uma posse faltando pouco mais de 3 minutos para o fim de jogo. 19-26 Bengals.


No retorno a defesa de LV anulou toda e qualquer tentativa de avanço de Cincinnati, o que fez a equipe mandar um punt com menos de dois minutos restando.


Devolvida a bola, LV começou a sofrer com faltas da OL e tiveram jardas perdidas onde conseguiram bons avanços. Numa tentativa de passe Derek Carr sofreu um sack pelo B.J. Hill e perdeu jardas. Após o sack ele conectou um passe de 23 jardas com Waller e outro de 10 jardas com Jones.


Faltando menos de 40 segundos no relógio, Carr tentou um passe baixo para o Renfrow que estava na endzone mas ele não conseguiu encaixar a bola. Na última tentativa de buscar o empate ele mandou o passe para o Jones, e o passe foi interceptado pelo Germaine Pratt, após isso foi esperar o cronômetro zerar e confirmar a vitória após 31 anos!

Equipe comemora o avanço! Fonte: @Bengals

19 views0 comments

Recent Posts

See All