• Gui Ribeiro

BOTAFOGO!!! um clube, uma paixão e uma crise sem fim

Vamos falar sobre o Botafogo.

Rapaz, o que fizeram com o fogão? Exclamação (Já diria o grande Avalone). É um episódio que se repete. Aliás, do jeito que os clubes brasileiros são administrados atualmente, pode acontecer isso com qualquer outro. Agora a bola da vez é o Botafogo, que, para muitos, está “Cruzeirando”, ou seja, seguindo à risca o que ocorreu com o Cruzeiro em 2019.


Ano após ano o Botafogo vem deixando de ser aquele clube que fora em outrora. “Época boa de botafoguense” em que se batia de frente com qualquer gigante do futebol mundial, não era mesmo? Era o grande rival doméstico do poderoso Santos de Pelé nos anos 50 e 60. Inclusive a base da seleção Brasileira desta época era formada por estes dois clubes, já que o Fogão tinha em seu elenco jogadores como Garrincha, Zagallo, Quarentinha, Manga e Nilton Santos (mesmo que dá nome ao seu estádio), este último considerado por muitos o maior lateral direito de todos os tempos, além de outros jogadores notáveis da época.


Ah Botafoguense! Um time dos sonhos! Não é mesmo?


Pois bem, o século XXI chegou e com ele uma crise sem fim, seja ela administrativa, técnica ou tática. Atualmente o clube vive a pior delas financeiramente, ficando assim “à espera de um milagre”, ou melhor, de se transformar em uma S/A. Talvez com isso saia do buraco em que está. Bom, pelo menos é o que planeja a sua diretoria, já que o clube não vê outra saída para atual situação.


"Não podemos esquecer de um caso recente no futebol tupiniquim. O Figueirense se tornou clube empresa e acabou piorando a sua crise, convivendo com jogos com derrota por W.O na série B, e se salvando da queda para a Série C na última rodada. Vamos torcer para o Botafogo, se tornando clube empresa, não dê o mesmo azar do Figueirense”.


Pasmem, meus amigos! O Fogão, hoje em dia, precisa de empréstimos para não ficar sem água e sem luz em sua sede.


Atualmente o clube é o vice lanterna com apenas 20 pontos. (Tudo bem que ainda tem um jogo a menos para se cumprir). Mas com pior ainda está por vir. Dependendo da combinação de resultados, o Fogão pode terminar a rodada com 23 a 8 pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o que será um capítulo na fase atual do clube.

3 views0 comments

Recent Posts

See All