• Redação

BOTTAS PODE FAZER A DIFERENÇA NESTA PROVA...

Duas semanas depois da vitória da McLaren em Monza, é hora de ir para o Autódromo de Sochi para o Grande Prêmio da Rússia de 2021.


VOCÊ SABE QUEM NÃO VAI DISPUTAR A POLE NESTE FIM DE SEMANA?

O líder do campeonato Max Verstappen. Isso porque o holandês chega a Sochi com uma queda de três posições pairando sobre ele após seu confronto com Lewis Hamilton em Monza, o que significa que, mesmo se Verstappen for o mais rápido na qualificação, o máximo que ele poderia começar seria o quarto.


Isso marcará a primeira vez que Verstappen largou fora dos três primeiros nesta temporada, enquanto ele também marcou sete das últimas oito poles.


Além da punição, o Verstappen terá que quebrar uma hegemonia da Mercedes e a Ferrari conseguiram a pole position aqui. Hamilton assumiu dois vezes a pole (em 2014 e 2020), enquanto Valtteri Bottas esteve a pole aqui apenas uma vez, em 2018.


· 2020 - Lewis Hamilton (Mercedes)

· 2019 - Charles Leclerc (Ferrari)

· 2018 - Valtteri Bottas (Mercedes)


O FINLANDÊS PODE SER A DIFERENÇA NESTA ETAPA DO CAMPEONATO


O finlandês tem um bom histórico em Sochi, nunca tendo largado fora dos quatro primeiros aqui em sete tentativas, enquanto depois de ter sido o mais rápido na qualificação de sexta-feira e na Sprint em Monza, ele deve estar se sentindo confiante antes do fim de semana.


Já nas provas o Bottas que teria três vitórias de Sochi contra uma de Hamilton, se ele não tivesse que desistir de sua vitória de 2018 para seu companheiro de equipe. Em 2020 o finlandês levou a vitória no autódromo russo.


Lembrando que o Bottas está com uma nova unidade de força que trocou em Monza.


Confira as últimas vitória nos cinco anos:


· 2020 - Valtteri Bottas (Mercedes)

· 2019 - Lewis Hamilton (Mercedes)

· 2018 - Lewis Hamilton (Mercedes)

· 2017 - Valtteri Bottas (Mercedes)

· 2016 - Nico Rosberg (Mercedes)


VERSTAPPEN PODE SURPREENDER?


A boa notícia sobre a penalidade de Verstappen é que, com as longas retas de Sochi e duas zonas DRS, é muito possível para um carro rápido subir na ordem. De fato, começando P19 em 2018, Verstappen subiu para sua posição final P5 nas primeiras oito voltas - com a Red Bull talvez tentada a seguir a mesma estratégia novamente neste fim de semana e assumir uma nova unidade de força para o holandês.


Eles podem ficar particularmente tentados, visto que o chefe da equipe, Christian Horner, admitiu que marcou Monza e Sochi como “circuitos da Mercedes” - e com razão. Apesar de a Ferrari ter feito duas poles aqui, a Mercedes venceu todas as corridas desde 2014, enquanto liderava 309 em 370 voltas possíveis (ou 84%).


APÓS O JEJUM, VIRÁ MAIS VITÓRIA?


A McLaren venceu após encerrar uma espera de 170 corridas pela vitória no GP da Itália, isso tudo com uma bela dobradinha com Ricciardo e Norris. Mas em Sochi isso dificilmente possa acontecer novamente devido os níveis de downforce sejam mais alto em Sochi do que o ultra-low drag de Monza. Mas se caso tivemos novos encontros dos favoritos o Ricciardo estará pronto para fazer uma bela corrida como foi em 2020 no qual se recuperou de um pênalti e terminou em P5.


OS RIVAIS PODEM DÁ TRABALHO...


O rival direto da McLaren, já vem uma bela expectativa devido todas as características de Sochi possa favorecer os carros da Ferrari. Charles Leclerc sempre foi bem em Sochi, levando P7 para Sauber em 2018, seguido por um P3 e um P6 nos anos seguintes, e nunca foi superado por um companheiro de equipe aqui.


Carlos Sainz, por sua vez, só marcou duas vezes aqui desde 2015, tendo caído na primeira volta em 2020. Sainz consegue manter sua atual sequência de sete grandes prêmios, a mais longa de todos os pilotos até o momento?


ENQUANTO ISSO O QUE ESPERAR NA BRIGA PELOS PONTINHOS...


O George Russell e até mesmo o Nicholas Latifi podem estar aparecendo na zona de pontuação em Sochi, devido o crescimento da Williams nas últimas provas promete até brigar com a Aston Martin neste final de temporada....


A Aston Martin e Alpine tem esperança de aumentar a diferença de pontos para a suas rivais, a Aston contará com o Vettel que terminou por três vezes no pódio em Sochi, enquanto isso a Alpine contará com a experiência do Alonso que já levou a Ferraris e Mclarens na P6 em 2014 e 2016.


Agora isso tudo vai depender do fato mais divertido para os fãs de automobilismo, que é a chuva que até alargou o circuito de Sochi uns dias atrás devido as fortes chuvas.


Eu espero muito chuva para alegrar esta prova que promete ser emocionante se caso ela dá as caras no autódromo.


A prova será às 9:00 com transmissão pela Band e pelo aplicativo da F1 TV.

3 views0 comments

Recent Posts

See All