• Estante Do Esporte

BRASIL 100%

Com grande atuação de Neymar, Brasil vence e avança de fase na Copa América.


BRASIL 4 X 0 PERU

Neymar foi o grande destaque da noite. (Foto: Divulgação/CONMEBOL)

Brasil classificou para as quartas de final da CONMEBOL Copa América, nesta quinta-feira, ao golear o Peru por 4-0 no Rio de Janeiro, na segunda rodada do Grupo B.


Os anfitriões continuam ampliando a brecha na América do Sul na base de um futebol mágico, efetivo e dominante. Desta vez, Alex Sandro no minuto 12, Neymar aos 68', Everton Ribero aos 89', e Richarlison aos 90+3', amargaram a estreia dos incas, enfraquecidos pelas 6 baixas de jogadores fundamentais, entre eles o artilheiro Paolo Guerrero.


Com a vitória, o campeão defensor do trono Brasil lidera de forma solitária o Grupo B com 6 pontos, após bater a Venezuela por 3-0 na inauguração do campeonato no domingo, em Brasília.


Com essa pontuação, os comandados de Tite passam a ser a primeira seleção a se classificar para a próxima fase, onde as 4 primeiras equipes de cada grupo participarão.

CURIOSIDADES DA PARTIDA:


· Brasil venceu os últimos 9 jogos oficiais que disputou. Em 8 deles a seleção brasileira não sofreu gols, os últimos 6 de maneira consecutiva.

· Brasil ganhou seus 2 primeiros jogos em uma edição da CONMEBOL Copa América pela primeira vez desde 2004.

· Brasil venceu os últimos 4 encontros na CONMEBOL Copa América (dois em 2021 e dois em 2019). É a maior sequência de vitórias consecutivas do Brasil no torneio no Século XXI.

· Em 9 das 57 partidas do Brasil com Tite como treinador, a seleção anotou 4 gols ou mais (9V). Três desses 9 jogos foram contra o Peru: 5-0 na Copa América 2019, 4-2 nas Eliminatórias e o 4-0 de hoje.

· Tite é o segundo treinador com mais partidas na CONMEBOL Copa América sem derrotas (7, junto com Sebastião Lazaroni). Mário Zagallo é o único que supera a marca, com 12 jogos no torneio e nenhuma derrota (10V 2E).


COLÔMBIA 0 X 0 VENEZUELA

Wuilker Faríñez trabalhou muito para segurar o empate para a Venezuela. (Foto: Divulgação/CONMEBOL)

Uma atuação monumental de Wuilker Faríñez, goleiro do Lens francês, salvou nesta quinta-feira um ponto para a Venezuela.


O primeiro 0-0 do torneio foi realizado em Goiânia com uma ofensiva seleção colombiana que teve mais de meia dúzia de oportunidades claras para marcar, porém foram evitadas pelo goleiro de 23 anos.


No estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, de Goiânia, a equipe dirigida pelo português José Peseiro conseguiu seu primeiro ponto na CONMEBOL Copa América na partida da segunda rodada, que deixa a seleção cafeteira como líder provisório do Grupo B com 4 pontos.


A defesa da Vinhotinto saiu nervosa e os atacantes cafeteiros aproveitaram isso para roubar bolas em campo contrário e buscar a velocidade, principalmente de Duván Zapata, que deu dores de cabeça nos centrais Francisco La Mantía e Luis Martínez.


A primeira oportunidade clara da Colômbia foi de Edwin Cardona aos 13 minutos desde a lateral esquerda, onde encontrou muitos espaços, com um levantamento longo para o lateral Daniel Muñoz que, de primeira, mandou uma bola por baixo a Yerry Mina que tentou empurrar ao fundo da rede, mas não conseguiu.


A seleção de Reinaldo Rueda continuou atacando, liderado por acelerado Cardona, e teve oportunidades claras de anotar com duas finalizações de Zapata e outra do meio-campista do Boca Juniors que foram defendidos por Faríñez elástico.


Na etapa complementar, os cafeteiros continuaram atacando, porém mudaram de lado, desta vez apostaram pela direita onde Juan Guillermo Cuadrado teve maior influência.


Precisamente, o jogador da Juventus fez um levantamento no minuto 53 para que Matheus Uribe controlasse com o peito, para logo fazer uma bicicleta que não entrou ao gol porque Faríñez conseguiu desviar a bola.


No final, com a Colômbia jogando puramente no ataque, o árbitro expulsou Díaz aos 93 minutos por pisar no rival e nenhuma das duas equipes conseguiu quebrar o zero do placar.

CURIOSIDADES DA PARTIDA:


· Após empatar com a seleção da Venezuela, Colômbia soma 6 jogos consecutivos invicto contra a Vinhotinto em todas as competições (3V 3E). Os colombianos não perdem de venezuelanos desde junho de 2015 (0-1) na CONMEBOL Copa América.

· É a segunda partida consecutiva na CONMEBOL Copa América, na qual a seleção da Venezuela consegue manter o zero contra a seleção colombiana (1V 1E). A última vez que conseguiu limitas os cafeteiros sem gols foi em junho de 2015.

· Com este empate, são 7 os jogos onde a seleção da Colômbia não permite gols de venezuelanos na CONMEBOL Copa América (4V 2E 1D).

· A seleção da Colômbia teve 23 finalizações contra a Venezuela. É o máximo registro dos colombianos desde 2007 quanto a finalizações em um jogo da CONMEBOL Copa América contra um rival de sua mesma confederação (seu máximo total é 27 finalizações sobre Costa Rica da CONCACAF em 2011).

· Wuilker Fariñez defendeu 8 chutes a gol de colombianos. É o máximo histórico de defesas para um goleiro venezuelano na CONMEBOL Copa América desde 2007.

Recent Posts

See All