• Gustavo Granato

BRASILEIRÃO: DESTAQUES DA 7ª RODADA

Confira os destaques e toda a análise da 7ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Todos os jogos da 7ª rodada aconteceram no domingo, com exceção de Atlético-GO x Bragantino que se enfrentam amanhã, ás 20h, fechando a rodada.


Juventude vence o Flamengo na Serra Gaúcha e mantém o tabu, Palmeiras e Bahia fazem jogo agitado com 5 gols e Santos supera o Galo na Vila Belmiro, saltando na tabela de classificação. Gols, melhores momentos, análises, tudo isso e muito mais, você confere agora no Estante do Esporte!


Juventude 1-0 Flamengo

Campo encharcado e vitória gaúcha.


O Flamengo segue sem vencer o Juventude na Serra Gaúcha. As fortes chuvas que acontecem em Caxias desde sexta-feira deixaram o gramado do Alfredo Jaconi encharcado, deixando o jogo truncado e com muitos erros de ambos os lados.


A drenagem não aguentou tanta água e com o campo pesado, as duas equipes sofreram para trocar passes. Bola pelo alto, jogo truncado e diversos erros no domínio da bola marcaram o jogo, principalmente no início. O lado direito do gramado era o mais prejudicado, tanto que o técnico Rogério Ceni orientou seus jogadores para evitarem trocar passes por ali, mas não adiantou. Matheuzinho jogou atrás para Gustavo Henrique, a bola parou na poça e Matheus Peixoto aproveitou a oportunidade, ajeitou e bateu pra fazer um belo gol.


Foto: Drenagem não aguentou | @Juventude

Com a dificuldade em trocar passes, Rogério Ceni mexeu ainda no primeiro tempo e colocou Rodrigo Muniz no lugar de Michael. Como era impossível trocar passes em velocidade pelas laterais, a substituição era o indício que o Flamengo iria explorar cada vez mais a bola aérea. Porém, nada aconteceu até o fim da primeira etapa.


O Flamengo voltou com tudo no início do segundo tempo e colocou a bola na trave. Bruno Henrique cruzou, a bola desviou e foi parar na trave. A pressão continuou e Pedro também quase deixou o dele, mas não aproveitou a oportunidade. O Flamengo insistiu até o final, principalmente durante os 8 minutos de acréscimos dados pelo árbitro, mas o Juventude soube se defender e saiu com a vitória.



Com a vitória, o Juve respira e é o 14º colocado, com 7 pontos. Já o Flamengo, desceu na tabela e agora ocupa o 10º lugar, com 9 pontos.


O Juventude tem clássico na próxima rodada e enfrenta o Grêmio, no Alfredo Jaconi. O jogo será na quarta-feira, ás 21h30. O Flamengo viaja e joga fora de casa contra o Cuiabá, quinta-feira, ás 20h.



Palmeiras 3-2 Bahia

Scarpa dá sequência a boa fase.


Em jogo muito movimentado e equilibrado, Palmeiras e Bahia fizeram um excelente jogo pra qualquer um que goste de futebol. Além dos muitos gols, foram 6 bolas na trave e muito trabalho para os goleiros.


Logo no começo do jogo, o Palmeiras abriu a conta com um golaço aos 6 minutos. Gustavo Scarpa em excelente fase, cobrou a falta da intermediária e guardou o dele. Mas como a palavra desse jogo foi equilíbrio, 5 minutos depois o Bahia empatou. Rodriguinho cruzou e Luiz Otávio desviou de cabeça pro fundo da rede.


Foto: Scarpa iluminado | @Palmeiras

O segundo tempo continuou com um jogo muito equilibrado, mas o Bahia conseguiu virar com um golaço de Maycon Douglas aos 28. A resposta do Palmeiras não demorou e Gustavo Scarpa em noite iluminada, cruzou e Raphael Veiga tratou de deixar tudo igual mais uma vez, 2-2.


Quando todos já esperavam o empate como placar final, Breno Lopes resolveu o jogo. Mais uma vez dos pés de Gustavo Scarpa, ele recebeu, tirou da marcação e guardou pra fazer o gol da vitória alviverde.



Graças a Scarpa, o Palmeiras se mantém no G4 na 3º posição com 13 pontos. O Bahia que faz um bom campeonato, perdeu a oportunidade de encostar nos líderes e é o 5º colocado, com 11 pontos.


O Palmeiras viaja até Porto Alegre para enfrentar o Internacional na próxima rodada, quarta-feira, ás 19h. Já o Bahia, recebe em casa o América-MG no mesmo dia e horário.



Santos 2-0 Atlético/MG

Peixe salta na tabela e busca o G4.


Em um jogo muito aberto, as duas equipes deixaram espaços para o contra-ataque. O resultado foi um bom jogo de se assistir. Com a vitória do Santos, o tabu continua: 12 anos sem o Galo vencer na Vila Belmiro.


A partida começou muito equilibrada, com as duas equipes marcando muito forte e tentando explorar o contra-ataque. O Santos tinha mais volume de jogo, mas tinha dificuldades com a boa marcação do Atlético. A válvula de escape do Peixe era Marcos Guilherme, que obrigou Everson a fazer grande defesa e também cruzou para Jean Mota quase fazer de cabeça. O Atlético respondeu com Keno, que aproveitou o rebote e chutou rente a trave.


Foto: Mais um golaço de Jean Mota | @SantosFC

Se o primeiro tempo foi aberto, o segundo mais ainda. As duas equipes começaram buscando o gol e deixando espaços para o contra-ataque. Em um dos muitos contra-ataques, Marcos Guilherme deixou Guga pra trás e lançou Kaio Jorge, que achou Jean Mota na entrada da área pra fazer um golaço, 1-0. O Galo saiu de vez pro ataque, mas dependia muito de Hulk, que em atuação apagada, foi anulado por Luiz Felipe e Luan Peres.


O Santos recuou e viu Guilherme Arana acertar o travessão. O Galo não desistiu, pressionou até o final mas parou na zaga do Peixe. Como tudo da pra piorar, Allan acertou o rosto de Kaio Jorge e deixou o Galo com um a menos. No último minuto de jogo, o Atlético teve falta cobrada pelo goleiro Everson e todo mundo foi pra área, no rebote, o Santos encaixou o contra-ataque com Madson, que tocou para Marcos Guilherme livre de marcação matar a partida, 2-0.



O resultado fez o Santos pular da 12ª posição para a 6ª, com 11 pontos. O Atlético conheceu a sua terceira derrota e é o 8º colocado, com 10 pontos.


Na próxima rodada, o Santos que ainda não perdeu jogando na Vila Belmiro, recebe o Sport na quarta-feira, ás 20h30. Já o Atlético tem jogo complicado e recebe o Atlético-GO em casa, quinta-feira, ás 19h.





35 views0 comments

Recent Posts

See All