• Estante Do Esporte

COPA DO BRASIL - A zebra assombra novamente

Ontem tivemos mais alguns jogos pela primeira fase da competição, com mais algumas zebras que ocorreram...após a eliminação do rival Grêmio, o Internacional é eliminado também.


OS JOGOS


UNIÃO -MT 0 X 0 ATLÉTICO-GO

O Atlético começou o jogo subindo a marcação e pressionando o time da casa. No entanto, apesar do controle da posse de bola, o Dragão encontrou dificuldades para criar no ataque. Dellatorre, aos 25, e Léo Pereira, aos 28, arriscaram a finalização, mas sem sucesso. Passados os 30 minutos de bola rolando, o União equilibrou o confronto e chegou a assustar com Odail Júnior.


Mas, nos instantes finais do primeiro tempo, os visitantes voltaram a rondar o setor ofensivo. E, aos 46, Wellington Rato levantou a bola na área, Jorginho ajeitou e Dellatorre completou para o fundo das redes: 1 a 0.


O duelo ganhou em equilíbrio no segundo tempo. De um lado, o Dragão chegou principalmente pela esquerda com Léo Pereira e em finalizações de Dellatorre. Enquanto o União respondeu nas cabeçadas de Deivisson Pikachu.


Nos minutos finais, os mandantes tentaram uma última pressão e por pouco não deixaram tudo igual com Gian e Gabriel Júnior, mas nas duas tentativas a trave impediu o empate. E, já nos acréscimos, o Dragão achou os espaços e sacramentou a vitória com gols de Airton e Shaylon.


CASTANHAL 1 X 1 VITÓRIA

O Vitória até teve a primeira oportunidade do jogo logo aos cinco minutos com Erik, que recebeu ótimo passe de Vicente, mas não conseguiu fazer a finalização. Passado o susto inicial, o time da casa engatou uma pressão no ataque. Daelson parou na defesa de Lucas Arcanjo, enquanto Leandro Cearense carimbou o poste. Mas, aos 13, não teve trave nem goleiro para impedir o gol. Depois de uma saída errada da equipe baiana, Ruan deixou para Willian Fazendinha, que tocou para Leandro Cearense abrir a contagem na Curuzu.


No entanto, a vantagem do Japiim durou pouco mais de dez minutos, porque, aos 24, Eduardo fez o levantamento na área, a bola desviou no meio do caminho e Matheus Moraes aproveitou para empatar a partida para o Leão. Na sequência, cada equipe ainda teve mais uma chance: Pecel tentou para os mandante e Luidy respondeu para os rubro-negros.


Depois das conversas nos vestiários, o jogo voltou mais devagar para a etapa complementar. Somente aos 24 minutos, Leandro Cearense arriscou a finalização para o Castanhal. Cinco minutos depois foi a vez do Vitória levar perigo com Guilherme Queiroz. O duelo seguiu sem outras grandes oportunidades até os 40 minutos, quando os visitantes assustaram com Alan Santos e Alisson Santos, e o time da casa respondeu com Lukinhas, mas o 1 a 1 permaneceu no marcador.


GLOBO 2 X 0 INTERNACIONAL

O primeiro tempo da partida teve o Internacional com mais posse de bola, no entanto foi o time da casa que chegou mais perto de marcar. Aos 14 minutos, Anderson deu bom passe para Hiltinho que soltou o pé para defesa de Daniel. Quatro minutos depois, o arqueiro colorado trabalhou de novo, dessa vez parando o arremate de Hítalo. Somente aos 37 minutos, a equipe gaúcha arriscou a primeira finalização com Moisés, que viu André Zuba evitar o gol.


No segundo tempo, o Globo abriu o placar logo aos nove minutos em cobrança de falta de Fernando Ceará. Depois do gol, o Tricolor teve boas chances de ampliar a vantagem com Rômulo e Hiltinho. Até que, aos 42, Rômulo teve mais uma oportunidade e não desperdiçou. Em contra-ataque fatal, o camisa 9 recebeu em velocidade e bateu na saída do goleiro para sacramentar a classificação do Globo.

21 views0 comments