• Wendell Sousa

RODADA DOS VISITANTES

A quarta rodada da Lampions teve os visitantes dominando, goleada tricolor e queda de invictos. Confira abaixo o resumo do que rolou de melhor na Copa do Nordeste.

CLÁSSICO PIAUIENSE!

Começamos no sábado (20), o 4 de Julho recebeu o Altos no estádio Albertão, em Teresina. Diante de um dos invictos na competição, os visitantes contaram com a dupla Manoel & Betinho em tarde inspirada para vencer o 4 de Julho. Após um primeiro tempo movimentado, os gols só vieram na segunda etapa. Manoel aos 16 minutos marcou um golaço para o Jacaré e abriu o placar no Albertão. Aos 24 minutos, Betinho ampliou para o Altos. O time de Piripiri até tentou, mas não conseguiu furar a boa defesa alviverde.

Final no Albertão: 4 de Julho-PI 0 x 2 Altos.

PEDRÃO E O CLÁSSICO-REI NO CEARÁ!

Ceará e Fortaleza empataram no primeiro Clássico-Rei da temporada. Em um primeiro tempo mais pegado, pouco se viu. No segundo tempo, o Ceará voltou melhor e se impôs no jogo, criando as melhores oportunidades. Destaque para o goleiro tricolor Felipe Alves, que perdeu o pai no dia do jogo e foi o responsável pelo empate sem gols. O arqueiro foi o melhor em campo.

Final no Castelão: Ceará 0 x 0 Fortaleza.


THEO E OS PERNAMBUCANOS NA LAMPIONS

GOLEADA IMPIEDOSA

Jogando no estádio Pituaçu, o Bahia não tomou conhecimento do Sport Recife e goleou o time pernambucano. No primeiro tempo, o Tricolor de Aço abriu o placar no lindo chute de fora da área do Patrick de Lucca. Nos acréscimos, veio o segundo do Tricolor, com Gabriel Novaes aproveitando a sobra de um bate-rebate na área. No segundo tempo, o Bahia domina as ações e marca o seu terceiro gol, com Rodriguinho. Os baianos continuaram a pressão e chegaram ao quarto gol, com Gabriel Novaes acertando um belo chute no ângulo, decretando a vitória. Com esse resultado, o Bahia lidera o grupo A e o Sport Recife continua na lanterna do grupo B.

Final no Pituaçu: Bahia 4 x 0 Sport.

AZULÃO BATE A COBRA CORAL

O CSA foi até o Arruda visitar o Santa Cruz, e voltou de Recife feliz da vida. Logo no início do jogo, numa bobeira do lateral do Santa Cruz, Iury Castilho roubou a bola e cruzou na cabeça de Dellatorre abrindo o placar para o CSA. No início da segunda etapa Dellatorre marcou mais um, em bela jogada com Rodrigo Pimpão. Nos minutos finais, o Santa Cruz descontou de pênalti, convertido pelo meia Chiquinho, dando números finais ao jogo. Com esse resultado, o CSA entra no G4 do grupo B e o Santa Cruz segue seu calvário na lanterna do grupo A.

Final no Arruda: Santa Cruz 1 x 2 CSA.

EMPATE MORNO

O Salgueiro foi até Aracaju enfrentar o Confiança. O Carcará segurou a pressão do Dragão e garantiu mais um pontinho na competição. O Confiança segue sem vencer na Lampions.

Final no Batistão: Confiança 0 x 0 Salgueiro.

POLÊMICA DA RODADA

Em jogo polêmico, Sampaio Corrêa e Vitória ficam no empate, com direito a gol irregular e pênalti anulado. No primeiro tempo bem movimentado, quem abriu o placar foi a Bolívia Querida aos 16 minutos, com Dione. Aos 24, o Vitória empatou, com Samuel em posição irregular, marcando um belo gol. No segundo tempo, polêmicas: logo no primeiro minuto, o árbitro assinalou pênalti para o Sampaio. Dione se preparava para bater quando o árbitro, após conversa com o assistente, resolveu anular a penalidade.

Final no Castelão: Sampaio Corrêa 1 x 1 Vitória.

QUEM NÃO FAZ, LEVA

O Treze recebeu o ABC no estádio Amigão, em Campina Grande. Logo no começo do jogo, a zaga “abcedista” deu um presente para João Leonardo, que desperdiçou sozinho, e no rebote Jairinho isolou sem goleiro. E como diz o ditado “quem não faz leva”, o ABC aproveitou o vacilo do Treze, com Maycon Douglas fuzilando a meta do goleiro Jefferson, abrindo o placar para os visitantes. O Treze continuou criando boas oportunidades e perdendo chances claras de gol.


No segundo tempo, o ABC segurou a pressão do Galo e, após mais uma falha da defesa do Treze, Wallyson foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. O próprio Wallyson cobrou e marcou o segundo do ABC no jogo. O Galo até tentou descontar, porém parou nas grandes defesas do goleiro Welligton.

Final no Amigão: Treze 0 x 2 ABC.

VIRADA REGATIANA

O CRB recebeu o Botafogo-PB no estádio Rei Pelé, e garantiu a segunda vitória na Copa do Nordeste, chegando a vice-liderança do grupo A. No primeiro tempo, quem abriu o placar foram os paraibanos, com Pablo aproveitando vacilo da zaga regatiana. O empate saiu aos 38 minutos, com Lucão do Break testando firme para o fundo do gol. No segundo tempo, o CRB voltou melhor e logo aos 2 minutos Diego Torres virou para os alagoanos. Após a virada, o CRB administrou o resultado e garantiu a vitória.

Final no Rei Pelé: CRB 2 x 1 Botafogo-PB.

Texto escrito em parceria com Theofilo Barbosa e Pedro Igor.

Recent Posts

See All