• Fernando Lima

DINAMÁQUINA RUMO ÀS QUARTAS

UMA TARDE DE GALA DE KASPER DOLBERG COLOCA A DINAMARCA NA PRÓXIMA FASE


PAÍS DE GALES 0 x 4 DINAMARCA

Bale e Kjaer homenageiam Christian Eriksen antes da partida. (Foto: Divulgação/UEFA)

A Dinamarca superou o País de Gales com um desempenho impressionante para chegar à sua primeira seleção a garantir a vaga nas quartas-de-finais da EURO em 17 anos, com Kasper Dolberg se tornando o primeiro jogador dinamarquês a marcar dois gols em um jogo a eliminar na EURO desde 1992.


Fortemente envolvido nas primeiras trocas, Gareth Bale ameaçou durante um início positivo pelo País de Gales. O capitão disparou ao lado duas vezes no espaço de alguns minutos, antes de uma embreagem de camisas brancas repelir um voleio de Aaron Ramsey à queima-roupa.


No entanto, o ponto de viragem veio quando Dolberg converteu a primeira chance real dos dinamarqueses antes da meia hora, agarrando a bola de defesa de Mikkel Damsgaard para enrolar primorosamente dentro da vertical esquerda de Danny Ward.


Para anular o perigo galês Ramsey e Bale, a equipe de Kasper Hjulmand mudou para uma defesa quatro e consolidou sua posição nesta eliminatória das oitavas de final.

Dolberg estava em uma tarde inspirada, marcando dois gols para a Dinamarca. (Foto: Divulgação/UEFA)

À medida que o intervalo se aproximava, o instantâneo de Joakim Mæhle foi repelido por Ward, mas De Rød-Hvide estava no controle total de qualquer maneira - ficando atrás e definindo o ritmo.


Dolberg voltou a atacar logo após o reinício: o alívio em pânico de Neco Williams caiu para o atacante dar um toque e levar para casa o seu segundo da tarde em Amsterdã.


O País de Gales continuou a tentar, mas o contra-ataque galês não foi páreo para o obstinado bloco defensivo dinamarquês. Para coroar uma bela exibição, Mæhle cortou para dentro e chutou alto para a rede para o terceiro gol da Dinamarca, antes de Martin Braithwaite acertar o quarto tempo nos acréscimos. A Dinamarca, derrotada nos dois primeiros jogos, é a primeira equipa a chegar as quartas-de-finais da EURO 2020.


Estrela da partida: Kasper Dolberg (Dinamarca)


CURIOSIDADES DA PARTIDA

· Esta é a quinta vez que a Dinamarca marca três ou mais gols numa fase final da EURO - já o fizeram em jogos consecutivos.

· O País de Gales sofreu mais de um gol em apenas três dos últimos dez jogos da fase final da EURO.

· A Dinamarca igualou o maior número de gols numa fase final da EURO - também marcou nove em 1984.

· O País de Gales sofreu o primeiro gol em cinco dos últimos seis jogos da fase final da EURO.

· Kasper Dolberg é o primeiro dinamarquês a marcar dois gols em uma eliminatória do EURO desde Henrik Larsen na vitória das semifinais sobre a Holanda em junho de 1992.

· A Dinamarca venceu cada uma das últimas quatro partidas oficiais contra o País de Gales.

· A Dinamarca perdeu apenas três das últimas 16 partidas internacionais (V11 E2 D3).

· A Dinamarca marcou o primeiro gol em cada um dos últimos seis jogos oficiais contra o País de Gales.

· A Dinamarca marcou o primeiro gol em 12 dos últimos 15 jogos internacionais.

· A Dinamarca marcou dois ou mais gols em nove das últimas 12 partidas internacionais.

· A Dinamarca só não conseguiu marcar em dois dos últimos dez jogos da fase final da EURO.

· A Dinamarca marcou um golo na primeira parte em seis dos últimos sete jogos da fase final da EURO.


Escalações:

PAÍS DE GALES: Ward; C Roberts (N Williams 40), Mepham, Rodon, B Davies; Morrell (Wilson 60), Allen; Bale, Ramsey, James (Brooks 78); Moore (Roberts 78)


DINAMARCA: Schmeichel; Christensen, Kjær (Andersen 77), Vestergaard; Stryger (Boilesen 77), Højbjerg, Delaney (Jensen 60), Mæhle; Damsgaard (Nørgaard 60), Dolberg (Cornelius 69), Braithwaite


Comemoração do elenco após a partida. (Foto: Divulgação/UEFA)

PRÓXIMO COMPROMISSO

Dinamarca vs Holanda ou República Tcheca em Baku, sábado, 3 de julho

6 views0 comments

Recent Posts

See All