• Estante Do Esporte

DUAS PROVAS E MEIA NO FINAL DE SEMANA DA F2

VEJA UM RESUMÃO DAS CORRIDAS DA CATEGORIA DE BASE DA F1

Os pilotos da categoria de base chegaram animados para a penúltima etapa do campeonato em um circuito desconhecido por todos. Confira um resumo das 3 provas que marcaram o final de semana no qual o Oscar Piastri saiu cada vez mais próximo do seu título e mostrou um Guanyu Zhou pouco agressivo pra fazer frente ao piloto da PREMA.


A CORRIDA SPRINT RACE 1

Marcus Armstrong, da DAMS, conquistou a tão esperada e merecida primeira vitória da Fórmula 2 na Sprint Race 1, batendo o Hitech Grand Prix que juntou Liam Lawson e Jüri Vips em uma emocionante corrida de abertura em Jeddah.


Desde que começou sua carreira na F2 com dois pódios nas duas primeiras rodadas de 2020, o vice-campeão de Fórmula 3 de 2019 só conseguiu mais uma colocação entre os três primeiros, com uma mudança para DAMS que não conseguiu reacender sua sorte, mas o Kiwi parecia rejuvenescido na Arábia Saudita quando uma fuga relâmpago o viu passar o polesitter reverso Lawson na primeira volta.


A dupla Kiwi terminou a corrida em primeiro e segundo lugar, com Lawson seguido por seu companheiro de equipe Hitech Vips em terceiro. Felipe Drugovich terminou em quarto, à frente de Jehan Daruvala, da Carlin, que teve uma tarde excelente, escalando seis posições impressionantes para o P5.


Robert Shwartzman, Christian Lundgaard e Dan Ticktum assumiram as posições finais dos pontos, com este último completando uma ultrapassagem na última volta do líder do campeonato Oscar Piastri. O principal rival do piloto da PREMA, Guanyu Zhou, sofreu uma corrida para esquecer, girando no estágio inicial e terminando em 17º.


A CORRIDA SPRINT RACE 2

Oscar Piastri, da PREMA Racing, chegou mais perto do título de Fórmula 2 com sua quarta vitória da temporada na Sprint Race 2 em Jeddah, enquanto Bent Viscaal de Trident se recuperava de um início lento para subir seu segundo pódio na F2. O companheiro de equipe de Piastri, Robert Shwarztman, subiu para o segundo lugar na classificação do campeonato, à frente de Guanyu Zhou, com seu sexto lugar nos três primeiros este ano.


O pole reverso Jehan Daruvala dominou a maior parte da corrida, mas acabou perdendo os pontos na bandeira, pois recebeu uma penalidade de cinco segundos pela segunda corrida consecutiva , por deixar a pista e ganhar uma vantagem, enquanto defendendo primeiro de Piastri.


O líder do campeonato garantiu a vitória ao passar o desanimado piloto Carlin na pista. O companheiro de equipa de Daruvala, Dan Ticktum, terminou em quarto à frente do estreante da MP Motorsport Jack Doohan, que completou os cinco primeiros com um desempenho impressionante apenas na sua segunda corrida a este nível.


Enzo Fittipaldi somou os primeiros pontos ao sétimo, atrás de Théo Pourchaire, que subiu 11 lugares desde o 19º lugar. Depois de começar da última vez, Zhou só conseguiu somar um ponto em sua contagem do Campeonato, cruzando a linha em oitavo.


CORRIDA PRINCIPAL

A prova começou com um acidente tenebroso entre o Theo Pourchaire e o brasileiro Enzo Fittipaldi que bateu no carro do francês que ficou parada na largada, os pilotos passam bem e o Enzo sofreu algumas fraturas que devem deixar o piloto fora da última etapa.

Oscar Piastri, da PREMA Racing, venceu uma corrida encurtada em Jeddah, à frente do companheiro de equipe Robert Shwarztman e Ralph Boschung da Campos Racing. A corrida teve outra bandeira Vermelha devido o acidente entre o Guilherme Samaia e Ollie Caldwell e a prova não reiniciou e com apenas cinco voltas concluídas e meio pontos atribuídos.


A VISTA DO CAMPEONATO

Coletando meio pontos, Piastri aumentou sua liderança no Campeonato para 213,5 pontos, à frente de Shwartzman com 162 e Zhou com 149. Ticktum é quarto com 139,5 e Pourchaire quinto com 124.

A PREMA conquistou oficialmente o título das equipes com 375,7 pontos, à frente de Carlin com 235,5 e UNI-Virtuosi com 221. Hitech Grand Prix está em quarto lugar com 209 e ART Grand Prix em quinto com 174.


QUAL É O PRÓXIMO?

Piastri tem uma vantagem de 51,5 pontos na rodada final da temporada em Yas Marina, que acontece em menos de uma semana.

15 views0 comments