• Vranlei Correa

GIRO DA RODADA - PARAZÃO

Rodada cheia de gols e com visitantes abusados


A 2ª rodada do Banpará Parazão 2021 contou com muitas emoções, jogos cheio de gols, viradas e com apenas um mandante vencendo. Confira o que rolou de melhor nos jogos desta semana:

PARAGOMINAS 0 X 2 PAYSANDU

A rodada começou na quinta-feira (04), com o Paysandu visitando o Paragominas, na Arena Verde. O jogo foi bem disputado, com muita posse de bola no meio-campo e diversas chances criadas, mas o aproveitamento das finalizações deixou a desejar. A partir dos 15 minutos do primeiro tempo, uma forte chuva castigou o campo, dificultando as ações ofensivas das equipes. A partida ficou mais brigada e, com dois contra-ataques mortais, o Papão conseguiu a sua primeira vitória no Parazão. Os gols do jogo foram marcados por Ratinho, aos 30 do primeiro tempo; e por Nicolas, aos 22 do segundo tempo.

CASTANHAL 1 X 0 ITUPIRANGA

Na manhã da última sexta-feira (05), o Castanhal recebeu o Itupiranga, no Estádio Modelão, e foi o único mandante a conseguir a vitória nesta rodada. O gol do jogo foi marcado aos 11 minutos do primeiro tempo, com o atacante Canga convertendo uma cobrança de pênalti. O Crocodilo até pressionou em busca do empate, mas esbarrou em uma bela atuação do goleiro Axel. Com este resultado, o Japiim conquistou a sua primeira vitória na competição.

BRAGANTINO-PA 2 x 3 REMO

Na tarde de sexta-feira (05), o Bragantino recebeu o Remo no Estádio Diogão, e esperava uma sorte melhor. O Tubarão até saiu na frente, marcando logo aos 3 minutos de jogo, com Túlio. Porém, o Leão Azul reagiu e empatou a partida ainda no primeiro tempo, com gol de Renan Gorne. A virada veio na segunda etapa, com gols de Dioguinho e Fredson, abrindo 3x1 no placar. Cris Maranhense, no último lance da partida, descontou para o time da casa.

TUNA LUSO 2 X 2 INDEPENDENTE

A manhã de sábado (06) marcou o duelo dos bicos. A Tuna Luso recebeu o Independente no Estádio do Souza, mas não conseguiu sair com o resultado positivo. Buscando a sua primeira vitória na competição, a Águia Guerreira começou pressionando, marcando o seu primeiro gol aos 34 minutos, com Pedrinho; porém, um minuto depois, Danrlei deixou tudo igual. Na segunda etapa, aos 14 minutos, Railson chutou fraco e o goleiro Evandro Gigante engoliu um frango daqueles, virando a partida para o Galo Elétrico. Após o gol, a equipe da casa voltou com tudo e, aos 20 minutos, Neto acertou um belo chute de fora da área, igualando novamente a partida.

GAVIÃO KYIKATEJÊ 1 X 3 CARAJÁS

Na tarde de sábado (06), o Gavião Kyikatejê recebeu o Carajás no Estádio Zinho Oliveira, e buscava a sua primeira vitória na competição. Mas, o que se viu foi um verdadeiro passeio do time visitante. O primeiro tempo foi de muito estudo por parte das equipes, sem muitas chances claras de gol. Já no segundo tempo, os times voltaram com gás total e, com um belo gol de Luan Santos, o Gavião flertou com a vitória. Mas perdeu o gás e acabou levando a virada do Carajás, em três ataques impiedosos.

TAPAJÓS 1 X 1 ÁGUIA DE MARABÁ

Na manhã de domingo (07), finalizando a rodada, o Tapajós recebeu o Águia de Marabá no Estádio Mamazão. O Boto até teve as melhores oportunidades para garantir a vitória, mas quem saiu na frente foi o Azulão. Aos 10 minutos do segundo tempo, Dé abriu o placar para o time visitante. O empate dos donos da casa saiu aos 24 minutos, com Paulo Curuá, e parecia que a virada estava a caminho. Mas, com a expulsão de Bacuriteua, o Tapajós teve que abdicar do seu estilo de jogo para poder administrar o empate.


Recent Posts

See All