• Fernando Lima

F1 SUBINDO NA AUDIÊNCIA

A Fórmula 1 divulgou seus números anuais de audiência, que mostram as tendências de audiência em comparação com outros esportes que foram afetados por paralisações causadas pela pandemia do coronavírus.

Com uma bela surpresa, a F1 vem superando outras ligas esportivas e tem tido um grande crescimento nas redes sociais a Liberty, além de mostrar que está preparada para torná-la novamente um dos esportes mais assistidos do mundo.


Mesmo com menos corridas, a sua audiência foi de 1,5 bilhão em comparação com 1,9 bilhão em 2019. Essa redução é resultado do fato de termos tido 17 corridas na última temporada em comparação com 21 corridas em 2019.

Teve uma média de 87, 4 milhões por Grande Prêmio em 2020. A media foi acima das temporadas de 2014, 2015, 2016, 2017, 2018, apesar das circunstâncias desafiadoras.


Outro ponto interessante foi o crescimento em cada país: + 43% ano a ano na China, + 28% na Holanda, + 10% no Reino Unido, + 71% na Rússia e + 5% na Alemanha. Os EUA também viram um aumento de + 1%, lembrando que o GP do EUA teve uma maior exposição ao público ABC. Os espectadores únicos em 2020 foram 433 milhões (-8% do ano anterior), impulsionados por menos corridas, bem como pelos motivos mencionados acima.

O Grande Prêmio da Hungria foi o mais assistido em 2020, com 103,7 milhões de expectadores, 7% a mais que a corrida de 2019. Houve números fortes para as novas corridas que se juntaram ao calendário revisado com 100,5 milhões para Portugal, 98,1 m para a pista externa do Bahrein e 89,1 m para a Turquia.


Além disso, a Fórmula 1 continuou a melhorar sua percepção geral e satisfação com os fãs. Dos 6.000 fãs pesquisados, 72% acham que a F1 melhorou nos últimos 2 anos em comparação com 52% em junho de 2019, 68% acreditam que a F1 está em boas mãos com a Liberty Media vs 56% em 2019 e 71% avaliam sua satisfação em ser um F1 fã como 8 ou mais vs 44% em 2019.

Além disso, os fãs acreditam que a Fórmula 1 se comportou muito bem durante a pandemia global, com 90% acreditando que as medidas de segurança implementadas para permitir que as corridas continuassem foram bem administradas, 81% acreditando que a F1 se comunicou bem com os fãs durante o desligamento, 73 % acreditam que a F1 lidou bem com a ausência de fãs nas corridas e 88% se sentem otimistas sobre o calendário em 2020.


Vamos agora esperar como será a audiência aqui no Brasil com as transmissões feitas pelo Grupo Bandeirantes.

60 views0 comments

Recent Posts

See All