• Redação

Fernando Barrichello estreia nos carros de corrida, pela F4 Brasil

Mais jovem piloto da família Barrichello tem contato inicial com o carro da Full Time Sports

O legado da família Barrichello nas pistas teve mais um capítulo iniciado nesta quinta-feira, 12 de maio no Velocitta. Aos 16 anos de idade, Fernando Barrichello, filho caçula de Rubens Barrichello, participou pela primeira vez na vida de uma atividade oficial em um campeonato de carros de corrida.


Ele é um dos 16 integrantes do pioneiro grid da FIA F4 Brasil, categoria de monopostos que internacionalmente é consagrada como o primeiro degrau na transição do kartismo para o automobilismo. Fefo defende a equipe Full Time, a mesma organização que prepara os carros de Rubens Barrichello há mais de uma década e pela qual o vice-campeão mundial de F1 conquistou o título da Stock Car em 2014 e duas edições da Corrida do Milhão.

O treino extra da FIA F4 Brasil nesta quinta-feira teve uma hora de duração, o suficiente para Fefo percorrer 22 voltas, para um total de 75,7 km. Em sua melhor passagem, o titular do carro #41 registrou 1min30s274.


Na coordenação da sessão e em contato permanente com Fefo por rádio durante o treino estava Mauricio Ferreira, chefe da equipe Full Time. Rubens também acompanhou a atividade sintonizado no rádio do carro #41, bem como Dudu Barrichello, seu primogênito e piloto regular da equipe Arden na Formula Regional Europeia.


Finalizada a sessão, pai e filhos analisaram em conjunto a experiência inaugural de Fefo no monoposto. Nesta sexta-feira, a FIA F4 Brasil tem mais dois treinos livres e o quali. No sábado, acontecem as duas primeiras corridas. No domingo é realizada a terceira e última prova da etapa inaugural.


O que ele disse:

“Um carro muito diferente de tudo que eu já andei na vida! Nunca havia andado em carro com câmbio borboleta, por exemplo, então foi uma das muitas coisas diferentes do que eu já estava acostumado.
Meu acerto não estava o ideal, principalmente em questão de conforto e no grip do volante. A categoria toda precisou correr contra o tempo para conseguir fazer o treino, mesmo assim consegui umas boas voltas e comecei a evoluir com o carro. Agora é continuar evoluindo o máximo possível para as corridas do fim de semana.
Meu pai ficou escutando o rádio no treino, mas comunicação apenas com o Maurício. Depois do treino conversei com ele e com o Dudu, que são bem mais experientes que eu nos carros. Sempre tenho coisas para aprender com eles e foi muito bom esse papo depois do treino para aprender e evoluir ainda mais.” Fernando Barrichello

FIA F4 Brasil – Velocitta – Etapa 1


Sexta-feira, 13 de maio

08:45 – 09:25 – Treino livre 1

11:50 – 12:30 – Treino livre 2

17:00 – 17:20 -Classificação


Sábado, 14 de maio

09:40 – Volta de apresentação – Corrida 1

14:40 – Volta de apresentação – Corrida 2


Domingo, 15 de maio

09:50 – Volta de apresentação – Corrida 3















12 views0 comments