• Redação

FIFA vai introduzir novos regulamentos para empréstimos

  • Regulamentos para entrar em vigor em 1 de julho de 2022

  • Objetivo é desenvolver jovens jogadores, promover o equilíbrio competitivo e prevenir o acúmulo

Após a decisão do Comitê de Partes Interessadas do Futebol da FIFA no ano passado, os novos regulamentos relativos a empréstimos de jogadores no futebol internacional estão prontos para serem implementados. Eles serão submetidos ao Conselho da FIFA para aprovação em sua próxima reunião com vista à sua entrada em vigor em 1º de julho de 2022.


A introdução de um novo quadro regulamentar do crédito aos jogadores é mais um passo importante no contexto da reforma mais alargada do sistema de transferências, cujo processo teve início em 2017. Previsto inicialmente para iniciar em julho de 2020, a implementação das novas regras teve de ser adiado em consequência da pandemia de COVID-19.


As discussões com os diferentes grupos de partes interessadas lançaram as bases para este novo quadro e garantiram que as novas regras estejam firmemente ancoradas nos seguintes objetivos principais:

  • Desenvolvendo jovens jogadores

  • Promovendo o equilíbrio competitivo

  • Evitando o acúmulo de jogadores

Para garantir que esses objetivos sejam alcançados, o novo marco regulatório incluirá:

  • A exigência de um acordo escrito que defina os termos do empréstimo, nomeadamente a sua duração e condições financeiras

  • Uma duração mínima do empréstimo, sendo o intervalo entre dois períodos de registro, e uma duração máxima do empréstimo, sendo um ano

  • A proibição de subempréstimo de um jogador profissional que já está emprestado a um terceiro clube

  • Uma limitação no número de empréstimos por temporada entre os mesmos clubes: a qualquer momento durante uma temporada, um clube só pode ter no máximo três profissionais emprestados a um único clube e um máximo de três profissionais emprestados de um único clube

  • Uma limitação no número total de empréstimos de um clube por temporada. Para garantir que isso seja implementado sem problemas, haverá um período de transição da seguinte forma:

- De 1 de julho de 2022 a 30 de junho de 2023, um clube pode ter no máximo oito profissionais emprestados e oito emprestados a qualquer momento durante uma temporada.

- De 1 de julho de 2023 a 30 de junho de 2024, aplica-se a mesma configuração mas com um máximo de sete profissionais.

- Finalmente, a partir de 1 de julho de 2024, a mesma configuração será aplicada, mas limitada a um máximo de seis profissionais.


* Jogadores com 21 anos ou menos e jogadores treinados em clubes estarão isentos dessas limitações.


Em nível nacional, as federações-membro da FIFA terão um prazo de três anos para implementar regras para um sistema de empréstimos que esteja alinhado com os princípios estabelecidos em nível internacional.


INFORMAÇÃO OFICIAL DA FIFA

75 views0 comments