• Renan Correa Leandro

GIRO DA RODADA - CATARINENSE

Esquenta a briga na ponta de cima, e 3 grandes em apuros.


Não dá para negar que o Campeonato Catarinense é, sem dúvida, o campeonato estadual mais equilibrado do Brasil. Nunca dá para cravar o resultado de qualquer jogo. Nessa rodada, alguns exemplos de resultados (até certo ponto) surpreendentes, foram a vitória esmagadora da Chapecoense em Florianópolis, diante do Figueirense; o empate do lanterna Metropolitano fora de casa contra o Hercílio Luz e o empate do Próspera diante do favorito time do Avaí. Além disso, na ponta da tabela, Chapecoense, Brusque e Joinville vão começando a se distanciar e deixando a perigo Avaí, Criciúma e Figueirense. Então, vamos aos jogos!

Primeiros gols do Metrô. Em Tubarão, no estádio Aníbal Costa, o Hercílio Luz esperava jogo fácil diante do lanterna Metropolitano. Na verdade, os primeiros 16 minutos foram de domínio total do Colorado até o seu gol (de Rodolfo Mol). Mas, o Metropolitano conseguiu marcar seus primeiros dois gols do campeonato na sequência, todos com Daniel Bahia. No segundo tempo, o Hercílio tentou pressionar e chegou ao empate (com Renato Henrique), mesmo assim, não dá para dizer que não foi um jogo equilibrado. Importante lembrar a desastrosa arbitragem do jurássico Célio Amorim, que não marcou pênalti claro em favor do time da casa. Hercílio Luz 2x2 Metropolitano.

Marinheiro relâmpago. Jogando em Itajaí, no Estádio Hercílio Luz, o Marcílio Dias recebeu o Concórdia. Um jogo cheio de alternativas e possibilidades, em que o Marinheiro pode comemorar muito os 3 pontos. O Marcílio saiu na frente em duas oportunidades após tomar o empate do Galo, fez o gol logo na sequência. O Concórdia não conseguiu segurar nem um minuto nenhum dos bons momentos que teve no jogo. O Marinheiro Relâmpago não deu chance dessa vez! Vitória Marcilista com gols de João Henrique, Zé Vitor e David Batista (M), e Michel marcou duas vezes para o Concórdia. Marcílio Dias 3x2 Concórdia.

Se não tem Perotti, tem Anselmo Ramon. Mais um jogo em que a brilhante gestão de elenco do técnico Umberto Louzer faz a diferença. Dessa vez, jogando no Orlando Scarpelli, a Chapecoense se recuperou da derrota em casa no último confronto e fez do Figueirense a sua vítima. O jogo estava empatado (Busanello (C) e Marllon (F) haviam marcado), quando Louzer resolveu sacar o artilheiro Perotti e lançar o experiente Anselmo Ramon. Foi suficiente para que o Verdão do Oeste abrisse vantagem. Vitória MAIÚSCULA! Enquanto para o Figueirense, cresce a preocupação com a zona do rebaixamento. São apenas dois pontos de diferença para o penúltimo colocado. Figueirense 1x3 Chapecoense.

Empate com sabor de vitória. Jogando em Criciúma, no Estádio Heriberto Hulse, o Próspera conseguiu um ótimo empate diante do Avaí. Ciente de suas limitações e sabendo o campeonato que disputa, o Time da Raça teve consistência defensiva e partiu para os contra-ataques. O Próspera até abriu o placar com Maicon Santana, mas depois veio o empate do Avaí em um pênalti duvidoso, marcado pelo árbitro Gustavo Ervino Bauermann em cobrança de Edilson (aliás o juiz não acertou um toque de mão o jogo inteiro!). Para o Leão da Ilha, começa a acender o alerta, afinal está apenas na sétima posição (só não é pior graças aos critérios de desempate). Próspera 1x1 Avaí.

Alguém anotou a placa? Como dizem os antigos comentaristas do futebol, foi “ao natural”. O Brusque não deu a mínima chance ao Juventus, que vê um freio de mão sendo puxado no embalo que estava começando a ter no Catarinense. Com gols de Airton, Thiago Alagoano, Júnior Pirambu e Garcez, o Quadricolor mostrou ótimo futebol e não deu chances. Vitória maiúscula! Brusque 4x0 Juventus.

Estreia em casa com vitória. O Joinville finalmente estreou em sua casa, a Arena Joinville (fechada por várias semanas devido à Pandemia). Fazendo clássico 192 contra o seu maior rival, o Criciúma, o time do Norte conseguiu uma importante vitória mínima com belo gol de Davi Lopes. Aliás, o gol foi o único bom momento do Tricolor que foi dominado pelo Tigre durante todo o jogo. No entanto, a competente dupla de zaga do JEC e a péssima pontaria do time do Sul, contribuíram para este triunfo que consagra a melhor defesa do campeonato até aqui, tomando apenas 1 gol em 5 jogos. Para o Tigre, somente tristezas. Ainda não conseguiu vencer e com míseros 3 pontos amarga a vice lanterna. Joinville 1x0 Criciúma.


CONFIRA A TABELA


Minha Seleção da rodada (Esquema 4-3-3)

GOL: Martin Becker (Metropolitano)

LD: Guto (Metropolitano)

ZG: Betão (Avaí) ZG: Charles (Joinville)

LE: Busanello (Chapecoense)

VOL: Marcos Serrato (Avaí)

VOL: Davi Lopes (Joinville)

ME: Thiago Alagoano (Brusque)

ATA: Michel (Concórdia)

ATA: Daniel Bahia (Metropolitano)

ATA: Anselmo Ramon (Chapecoense)

Técnico: Umberto Louzer (Chapecoense)