• Wendell Sousa

SÃO PAULO CRYSTAL SURPREENDER!!!

Faltou pontaria!


Na abertura da terceira rodada, São Paulo Crystal e Treze se enfrentaram no estádio Almeidão. O time da cachaça está invicto no estadual e quase surpreendeu o Galo.

As duas equipes buscaram o gol durante todo os 90 minutos, mas a pontaria dos atacantes de ambas as equipes estava descalibrada, foram muitas oportunidades desperdiçadas. O Treze, que vinha de derrota, buscava a reabilitação no estadual, já o São Paulo Crystal buscava surpreender mais um grande. O time está invicto no estadual e permaneceu assim.

Final no Almeidão: São Paulo Crystal 0 x 0 Treze.


Pegou fogo no Amigão!


Perilima e Botafogo-PB fizeram um grande jogo no Amigão, a Águia surpreendeu o Belo e por pouco não saiu com a vitória.

O jogo foi quente do início ao fim, a Perilima abriu o placar logo aos 14 minutos do primeiro tempo com Peixeiro, o empate do Belo foi aos 34 minutos com o zagueiro William Machado após cobrança de escanteio. A Perilima teve chances de ampliar, mas parou no goleiro Felipe.


Já no segundo tempo o jogo foi mais pegado, com muitas faltas e cartões. Aos 35 minutos, pênalti para o Botafogo-PB e expulsão de Stronda, jogador da Perilima. Roniel bateu e virou para o Belo. Mas logo na sequência aos 38 minutos teve outro pênalti, desta vez para a Perilima e expulsão de Bruno Menezes do Botafogo-PB. Dudu Paraíba cobrou e empatou para a Águia e ficou nisso, no final muita reclamação com arbitragem.

Final no Amigão: Perilima 2 x 2 Botafogo-PB.


Empate com sabor de derrota!


Só a vitória interessava para Sousa e Campinense, era a chance das duas equipes de saltar para a segunda posição, com muitas chances desperdiçadas o empate foi amargo.

O Campinense criou boas oportunidades no primeiro tempo, mais pararam nas boas defesas do goleiro Ricardo. No segundo tempo o Sousa voltou melhor e ficou na bronca com a arbitragem, o técnico Paulo Schardong não poupou críticas ao término da partida ao trio de arbitragem.

Final no Marizão: Sousa 0 x 0 Campinense.


E a vitória que não sai!


Nacional e Atlético de Cajazeiras fizeram um bom jogo no José Cavalcanti em Patos, ambas as equipes entraram pressionadas em busca da primeira vitória no estadual.

O jogo foi movimento do início ao fim, o Trovão foi melhor e abriu o placar com Guerreiro aos 34 minutos do primeiro tempo e quase ampliou na sequência. O empate do Naça só veio na segunda etapa, Araújo Love empatou aos 9 minutos, o Trovão continuou melhor e parou nas boas defesas do goleiro Camilo, mas quem marcou foi o Naça, Araújo Love aos 26 minutos marcou e virou o placar para o Nacional.


Quando a primeira vitória do Nacional parecia estar saindo, Diego Higino empatou no finalzinho e evitou a segunda derrota do trovão e a primeira vitória do Nacional na competição.

Final no José Cavalcanti: Nacional de Patos 2 x 2 Atlético de Cajazeiras.

13 views0 comments

Recent Posts

See All