• Redação

GOLAÇO E VITÓRIA

Schick rouba a cena com um golaço e a Inglaterra consegue sua primeira vitória na estreia em uma EURO.


INGLATERRA X CROÁCIA

Harry Kane e Luka Modric foram coadjuvantes na estreia das suas seleções. (Foto: Divulgação/UEFA)

O gol de Raheem Sterling garantiu que a Inglaterra vencesse o jogo de estreia na EURO pela primeira vez na sua história.

A Inglaterra foi rapidamente decisiva no Estádio de Wembley, com Phil Foden rematando na trave e Kalvin Phillips fazendo uma defesa rasteira de Dominik Livaković, mas a Croácia resistiu à tempestade precoce e terminou o primeiro tempo no mesmo nível dos anfitriões.

Imagem aérea do gol da partida. (Foto: Divulgação/UEFA)

Luka Modrić finalmente chamou Jordan Pickford à ação após o intervalo, mas, quase imediatamente, os visitantes ficaram para trás quando um passe incisivo de Kalvin Phillips deu a Sterling tempo suficiente para disparar sob Livaković.

Sterling teve uma chance de aumentar o placar, mas perdeu a chance, mas os visitantes raramente pareciam responder, já que os homens de Gareth Southgate começaram o Grupo D com um sucesso importante.

Jogador em campo: Raheem Sterling (Inglaterra)

Sterling foi decisivo para a vitória inglesa.

CURIOSIDADES DA PARTIDA: · A Inglaterra venceu pela primeira vez o jogo de abertura da fase de grupos na Eurocopa, na nona tentativa. · Os Três Leões estão invictos nas últimas nove partidas da fase de grupos da EURO. · Os anfitriões venceram as últimas sete partidas internacionais - seis dessas vitórias ocorreram sem sofrer nenhum gol. · A Inglaterra venceu todas as 11 partidas em que Sterling marcou. · Jude Bellingham tornou-se o jogador mais jovem a entrar em campo na competição, com 17 anos e 349 dias. · A derrota da Croácia foi a primeira no jogo de abertura da fase de grupos no Campeonato da Europa. · A Croácia não sofria gols nos últimos nove jogos da fase final do EURO.


Escalações: INGLATERRA: Pickford; Walker, Stones, Mings, Trippier; Phillips, arroz; Sterling (Calvert-Lewin 90), Mount, Foden (Rashford 71); Kane (Bellingham 82).

CROÁCIA: Livaković; Vrsaljko, Ćaleta-Car, Vida, Gvardiol; Brozović (Vlašić 70); Kramarić (Brekalo 70), Modrić, Kovačić (Pašalić 85), Perišić; Rebić (Petković 78).

A Inglaterra mostrou um início com algumas dificuldades na saída de bola, mas conseguiu vencer um adversário principal no seu grupo para conseguir a primeira colocação. A seleção inglesa será sem dúvida forte candidata ao título pelo conjunto do elenco.

A seleção croata encontrou uma dificuldade na falta de finalizações ao gol da Inglaterra mesmo com a pressão na saída de bola sentia a falta de um homem gol. Acredito que a Croácia será uma forte seleção quando o Perišić estiver em um bom dia.



ESCÓCIA X REPÚBLICA TCHECA

Foi um jogo parelho decidido nos detalhes. (Foto: Divulgação/UEFA)

A República Tcheca teve um início de campanha vitoriosa na EURO, com Patrik Schick a marcar dois gols maravilhosos na partida.

A Escócia teve melhor as melhores oportunidades no primeiro tempo, com Lyndon Dykes que rematou ao lado da trave e depois o Andy Robertson chutou na qual o goleiro checo Tomáš Vaclík defendeu, mas foram os visitantes que desferiram o primeiro golpe pouco antes do intervalo, quando Schick habilmente fez o gol após cruzamento do Vladimír Coufal.

Marshall bem que tentou, mas não conseguiu evitar o gol antológico de Schick. (Foto: Divulgação/UEFA)

O segundo tempo foi muito mais aberto. David Marshall teve que negar rapidamente a Schick e Vladimír Darida, antes que a Escócia revidasse quando Jack Hendry sacudiu a barra e Vaclík se livrou de Tomáš Kalas.

O inspirador Schick teria a palavra decisiva aos 52 minutos, no entanto, descobrindo Marshall fora de sua linha e chutando o goleiro escocês perto da linha do meio para atordoar Hampden Park.

Jogador em campo: Patrik Schick (República Tcheca)

Schick foi letal e marcou duas vezes na vitória tcheca.

CURIOSIDADES DA PARTIDA: · Schick já marcou oito gols em suas últimas 11 partidas internacionais. · O gol inaugural foi o primeiro marcado pela República Checa na primeira parte em seis jogos da EURO - o último tinha sido contra a Grécia em 2012. · Schick é o primeiro jogador a marcar dois gols em um jogo da EURO pelos tchecos desde Milan Baroš na vitória por 3 a 0 sobre a Dinamarca em 2004 nas quartas de final. · O placar limpo foi apenas o terceiro dos visitantes nas últimas 18 partidas internacionais. · Marshall (36 anos e 101 dias) se tornou o segundo jogador mais velho a jogar pela Escócia em um grande torneio, depois de Jim Leighton, de 39 anos, na Copa do Mundo da FIFA de 1998.

Escalações: ESCÓCIA: Marshall; Hanley, Cooper, Hendry (McGregor 67); O'Donnell (Forrest 79), Armstrong (Fraser 67), McTominay, McGinn, Robertson; Dykes (Nisbet 79), Christie (Adams 46).

REPÚBLICA TCHECA: Vaclík; Coufal, Čelůstka, Kalas, Bořil; Souček, Král (Buraco 67); Masopust (Vydra 72), Darida (Ševčík 87), Jankto (Hložek 72); Schick (Krmenčík 87).

A Escócia mostrou uma bela equipe, mas foi golpeada pelos checos na sua estreia, mas tem talvez depois de muito tempo uma seleção que pode surpreender, logicamente a sua próxima partida será a mais complicada ao enfrentar o rival.

A seleção checa no primeiro tempo mostrou muito dependente das jogadas de cruzamento, se não fosse a habilidade do jovem Schick no qual deu golpe de misericórdia nos escoceses, porém o treinador português terá que solucionar o problema de ter uma única jogada.

PARTIDAS DA SEGUNDA RODADA

CROÁCIA X REPÚBLICA TCHECA - sexta-feira, 18 de junho, Glasgow, INGLATERRA X ESCÓCIA - sexta-feira, 18 de junho, Londres


10 views0 comments