• Guilherme Fressato

CHUVA, ERROS E UMA VITÓRIA PARA ANIMAR OS FÃS.

Sejam bem vindos, amigos e amigas da nossa querida Estante e fãs de automobilismo. Uma etapa bem agitada graças a chuva, cheia de emoções. Grandes talentos e algumas frustrações.


LARGADA SOB CHUVA

Sebastian Vettel que não fez boa classificação precisou largar do pit com sua Aston Martin. Já na volta de apresentação, Leclerc escapou da pista, mas conseguiu alinhar no grid. Quando finalmente foi dada a largada, os pilotos da Red Bull foram para cima de Lewis Hamilton. O piloto britânico conteve o avanço de Sergio Perez, mas não segurou Max Verstappen, que assumiu a primeira posição. Nas primeiras voltas alguns pilotos escorregaram devido as condições da pista, onde havia muita água acumulada fora do traçado.


MESMO COM SAFETY CAR AS EMOÇÕES NÃO PARARAM

Um dos pilotos que escorregou foi Latifi, e ao voltar para a pista tirou todo o espaço do russo Mazepin, que não foi capaz de evitar o toque. Latifi rodou e bateu no muro. Devido a posição do carro, o Safety Car foi acionado e ficou algumas voltas no controle do pelotão. Um fato inusitado dessa fase da corrida foi o a batida de Mick Schumacher durante seu aquecimento de pneus logo na saída dos boxes, o prejuízo ao carro foi a perda do bico. Quem também teve prejuízo foi o mexicano Sergio Pérez, após escapar da pista o piloto ultrapassou dois pilotos para recuperar posições anteriores e foi punido com 10 segundos nos boxes.


NORRIS FAZ FILA

Na oitava volta houve um daqueles momentos que faz o coração do fã bater forte e um sorriso ser aberto no rosto. Lando Norris se aproximou do pelotão que disputava a sexta posição e deu um show, passou Sainz, Stroll e Gasly em uma manobra só. O francês deu o troco e recuperou-se após a manobra. Era apenas o início da brilhante escalada que ocorreu na corrida.

A APROXIMAÇÃO DE HAMILTON

Pela volta 26, Hamilton começou uma aproximação agressiva para cima de Verstappen. Quando as imagens mostravam os pneus de ambos era possível perceber o motivo, o britânico gerenciou os pneus de maneira mais eficiente que o holandês. Max parou na volta 27 e Lewis na volta 29. A aproximação continuava por parte da Mercedes, mesmo com todo o tráfego que se apresentava. Mas em uma das manobras, Hamilton acaba parando na brita e utilizando de sua ousadia sai de ré da área da escape e volta para a prova.

BANDEIRA VERMELHA PROVIDENCIAL

Utilizando a sorte dos campeões Hamilton conseguiu reverter boa parte do prejuízo durante a bandeira vermelha na mesma volta de seu incidente. Bottas e Russel colidiram durante uma tentativa de ultrapassagem da Williams para cima da Mercedes. Sim. Você leu certo.


Após a paralisação a corrida foi retomada com largada lançada, Verstappen quase deixou a vitória escapar, junto com seu carro enquanto aquecia os pneus. Hamilton utilizou seu equipamento e principalmente seu talento para avançar com ultrapassagens precisas sobre os adversários que surgiram. Ainda teve tempo inclusive de utilizar a pista livre à sua frente para fazer a melhor volta da prova.

O PODIUM

Com destaque para dois pilotos britânicos e suas brilhantes corridas, o podium foi composto pelo vencedor Max Verstappen, em segundo o fenomenal Lewis Hamilton e a jovem promessa Lando Norris na terceira posição.


CONFIRA O NOSSO DEBATE PÓS-CORRIDA


Recent Posts

See All