• Redação

Hamilton é o mais rápido no último dia interrompido da pré-temporada em Barcelona

Lewis Hamilton, da Mercedes, estabeleceu o melhor tempo da semana no último dia da pré-temporada em Barcelona, ​​depois que cinco bandeiras vermelhas truncaram a sessão da manhã, e a Pirelli realizou um teste de pneus para chuva no início da tarde.

Hamilton acendeu os setores roxos com um esforço muito tardio de 1m 19.138s para colocar a Mercedes no topo no Dia 3. O companheiro de equipe George Russell foi o mais rápido pela manhã , em meio a cinco paradas. A primeira bandeira vermelha foi para Fernando Alonso, da Alpine, com uma fumaça espessa saindo de seu A522. A equipe logo declarou que encerraria antecipadamente seu programa de pré-temporada na Espanha devido a esse problema hidráulico.


LEIA MAIS: ANÁLISE: O que é 'porpoising'


Pierre Gasly bateu seu AlphaTauri logo depois disso, enquanto as paradas de Zhou Guanyu trouxeram mais pausas aos procedimentos – antes do Aston Martin de Sebastian Vettel parar nos minutos finais da sessão da manhã devido a um vazamento de óleo e incêndio resultante. Alpine, AlphaTauri, Haas e Aston Martin estiveram ausentes à tarde devido a seus respectivos problemas de confiabilidade.


O vice-campeão Russell fez 66 voltas para liderar a sessão da manhã (descendo para P2 quando Hamilton estabeleceu a referência) antes que o terceiro colocado da Red Bull, Sergio Perez, saltasse na ordem com um esforço tardio. Isso deixou o companheiro de equipe de Perez, Max Verstappen, em quarto, com Sebastian Vettel fazendo uma volta digna de P5 antes de seu Aston Martin parar em uma nuvem de fumaça.

Alpine partiu cedo devido a um problema hidráulico, que interrompeu a corrida de Alonso logo no início

O zumbido baixo dos caminhões sinalizou a preparação para a sessão da tarde, tanques circulando o circuito enquanto jogavam água em seu rastro para as equipes usarem os pneus molhados e intermediários de 18 polegadas da Pirelli . Daniel Ricciardo, da McLaren, e Carlos Sainz, da Ferrari, tiveram um breve período com os pneus de chuva antes de mudar para os intermediários, aos quais logo se juntaram Hamilton e Perez.


O sexto lugar Charles Leclerc assumiu a corrida da manhã pela Ferrari antes de Carlos Sainz se colocar em sétimo à tarde.


A dupla Williams foi a próxima na tabela de classificação, o sétimo lugar Alex Albon à frente do companheiro de equipe Nicholas Latifi. Albon terminou o dia com Latifi terminando o stint da manhã e saindo para o teste de chuva.


Isso deixou Ricciardo completando o top 10 da McLaren, enquanto o companheiro de equipe Norris terminou em 11º.

Perez surgiu para a corrida em tempo úmido e depois melhorou para P2

Alonso ficou em 12º, mas a pré-temporada dele e da Alpine em Barcelona foi interrompida prematuramente após seu problema hidráulico inicial. Ele foi seguido pelo estreante Zhou (P13) nas tabelas de tempos, o piloto chinês entregando o volante ao companheiro de equipe Valtteri Bottas durante a tarde. O finlandês ficou em 16º, último na tabela de tempos, e acrescentou apenas 10 voltas à sua contagem na tarde de sexta-feira.


O acidente matinal de Gasly (P14) na curva 5 resultou em uma asa dianteira e suspensão quebradas, impedindo o companheiro de equipe AlphaTauri, Yuki Tsunoda, de correr à tarde.


Depois que Nikita Mazepin, 15º, encontrou um problema pela manhã, limitando-o a apenas nove voltas, a Haas anunciou à tarde que não retornaria à pista devido a longos reparos, encerrando a sessão mais cedo.


Três dias intrigantes de corrida, portanto, terminaram com Hamilton no topo, seu vôo na tarde de sexta-feira provando ser o tempo mais rápido da semana - depois que Norris liderou o Dia 1 e Leclerc liderou o Dia 2 .


O Bahrein recebe o teste oficial de pré-temporada de 10 a 12 de março, o campo de 2022 deve retornar de 18 a 20 de março para o Grande Prêmio de abertura da temporada.


GALERIA DE IMAGENS DO DIA


50 views0 comments