• Theofilo Barbosa Cordeiro

INDEPENDIENTE COMEÇA COM TUDO NO GRUPO B

A segunda maior competição da Conmebol também inicia sua temporada nesta semana.


ARGENTINOS VENCEM FORA DE CASA

Pelo grupo B da Sul-Americana, o favorito Independiente foi até a Bolívia enfrentar a equipe do Guabirá, no estádio Gilberto Parada, e venceu pelo placar de 3 x 1, assumindo a liderança isolada do grupo.


O time argentino foi superior no jogo e fez o primeiro gol logo cedo, aos oito minutos, com o artilheiro da noite Jonathan Herrera acertando um belo chute de fora área. Aos 35 da primeira etapa, o Independiente amplia o marcador, numa bela jogada de Velasco, ele dribla dois marcadores e acerta a trave, a bola sobra para Jonathan Herrera marcar o seu segundo gol.


No início do segunda etapa, os argentinos marcam mais um numa jogada pela direita, Pereda finaliza acertando o travessão, e a bola mais uma vez sobrou pro iluminado da noite Jonathan Herrera marcar o seu hat-trick. No final do jogo, Bruno Pascua marca de cabeça após uma cobrança de falta e desconta para o Guabirá, mais já era tarde pra uma reação.

J. Herrera levou a bola do jogo para casa.

O CARA DO JOGO: Destaque do jogo vai para o atacante Jonathan Herrera, que marcou os três gols que garantiram a vitória do time argentino.


DECEPÇÃO: O destaque negativo vai pro goleiro do Guabirá Mustafa, que falhou no primeiro e terceiro gol e fez lambanças durante a partida, sem tempo de bola, principalmente nos gols da equipe visitante.



BAHIA EMPATA FORA DE CASA

No mesmo horário, o Bahia foi até a cidade de Montevideo, no Uruguai, e enfrentou a equipe do Montevideo City Torque, no estádio Parque Alfredo Víctor Viera, e apenas empatou a partida contra os donos da casa.


O Tricolor de Aço tomou conta do jogo na etapa inicial e saiu na frente aos nove minutos, numa jogada bem trabalha do lateral Nino Paraíba, Gilberto fez o pivô e só ajeitou para o belo chute do meia Rodriguinho. Depois do gol marcado, o Bahia criou várias oportunidades através de Gilberto e Thaciano, mais pecaram nas finalizações.


No segundo tempo, logo aos seis minutos, os donos da casa empataram o jogo. Depois de uma defesa esquisita do goleiro Douglas, a bola sobra próximo a linha do gol e o lateral Franco Pizzichillo só teve o trabalho de colocar a pelota no fundo das redes. O Bahia sentiu o gol e não se encontrou mais em campo. Os donos da casa tiveram chances até de virar o jogo, mais pecaram nas finalizações. Mesmo o Bahia mal na partida, a equipe brasileira teve uma grande chance de vencer a partida nos acréscimos, mas o Alesson demorou demais a passar a bola pra Gilberto finalizar e a zaga afastou.

O CARA DO JOGO: Rodriguinho, que marcou um belo gol e criou algumas oportunidades para o Bahia ampliar o marcador. Pena que os atacantes do Tricolor da boa terra não estavam com a pontaria afiada.


A DECEPÇÃO: O goleiro Douglas do Bahia, que pra mim falhou no gol dos donos da casa e não é de hoje que ele vem falhando, principalmente quando o time joga fora de casa. No jogo de hoje, sei que o chute foi próximo dele, mais ele tentou encaixar e a bola passou por debaixo dele.



PRÓXIMOS JOGOS


O Independente vai receber a equipe do Montevideo City Torque no estádio Libertadores da América no dia 28/04, às 19:15. O Bahia recebe o Guabirá no estádio Pituaçu em Salvador no dia 27/03, às 19:15.

24 views0 comments

Recent Posts

See All