• Fernando Lima

VAMOS PRA MANCHESTER!!! DINHEIRO INFINITO...


Dentre as últimas dez janelas de transferência, o Manchester City foi, sem dúvida, o mais gastão na janela de transferência, gerando sempre um déficit entre os atuais cinco clubes da grande liga (- € 631 milhões), à frente dos rivais da cidade, o Manchester United (- € 586 milhões). Dois clubes da Ligue 1 estão no extremo oposto da tabela: LOSC Lille (+ € 191M) e Olympique Lyonnais (+ 151M) sendo clubes que mantém um lucro nas suas transferências.

O terceiro saldo de transferência mais negativo desde 2015 (na janela de verão) foi o FC Barcelona (- € 471M). Além do muito debatido salário de Lionel Messi (que está de malas prontas), isso contribuiu fortemente para aumentar a dívida do clube catalão. Duas outras equipes com déficits operacionais recorrentes são os clubes de Milão, a Inter e Milan AC. Também estão entre os dez grandes clubes da liga com as despesas de transferência líquidas mais negativas durante o período analisado: - € 386M para o Inter e - € 311M para o Milan.

O maior detalhe que eu percebi foi que nenhum clube da Premier League tem um saldo de transferência positivo durante o período considerado. O gasto líquido sempre no negativo: Southampton (- € 50M), à frente de West Bromwich Albion (- € 73M) e Newcastle United (- € 77M). Por outro lado, os saldos mais positivos na Itália, Alemanha e Espanha foram registrados para Atalanta BC (+ € 133M), Hoffenheim (+ € 87M) e Valência (+ € 67M). Os dados são provenientes de pesquisa feito no Observatório do CIES, utilizando dados publicados por clubes ou divulgados pela mídia.

Recent Posts

See All