• Estante Do Esporte

Pódio escapa de Lucas em Mônaco

Brasileiro da equipe Venturi largou em quinto, chegou a andar em terceiro mas perdeu a chance de pódio devido a uma bandeira amarela

Lucas Di Grassi somou pontos importantes na Fórmula E neste sábado (30), ao terminar o ePrix de Mônaco na sexta posição. O piloto da Venturi largou da quinta posição no tradicional circuito montado nas ruas de Monte Carlo, e chegou a ocupar a terceira colocação em determinado momento da corrida, se mostrando como um dos destaques da prova. Em uma corrida em que o pelotão não se desfez em momento nenhum, o campeão da terceira temporada se mostrou combativo, sobretudo no início da etapa monegasca.

Mais para o final, no entanto, uma bandeira amarela foi acionada justamente em que o brasileiro acionava seu último “modo ataque’, impedindo Lucas de usar a potência extra para avançar na classificação. A coincidência deixou o brasileiro à mercê de outros pilotos que puderam usar o modo ataque após o período de bandeira amarela, mas mesmo assim Di Grassi ainda terminou sexto, somando mais oito pontos no campeonato dos carros elétricos.

Bom resultado - “Foi uma corrida das mais difíceis, por conta do pelotão, que andou o tempo inteiro junto, mas também pelas dificuldades naturais que o circuito de Mônaco impõe. Óbvio que eu gostaria de terminar no pódio, mas o sexto lugar aqui é um resultado positivo”, disse Di Grassi, logo após o encerramento da etapa monegasca do campeonato.


Com os resultados da etapa de Mônaco, Di Grassi aparece agora na nona posição da tabela de classificação, somando 39 pontos, contra 81 do líder do campeonato, Stoffel Vandoorne, vencedor deste sábado. “O campeonato ainda está no início, e temos condições de descontar esta diferença nas próximas etapas. É importante termos mostrado que estamos competitivos”, completou o brasileiro.


A próxima etapa da Fórmula E será o ePrix de Berlim, marcado para os dias 14 e 15 de maio, no aeroporto de Tempelhof.

7 views0 comments