• Redação

Sainz é o mais rápido no segundo dia de testes de pré-temporada no Bahrein


Carlos Sainz, da Ferrari, fez a volta mais rápida no segundo dia de testes de pré-temporada no Bahrein, em um dia pontuado por várias bandeiras vermelhas.

Na hora do almoço, Sainz substituiu o companheiro de equipe Charles Leclerc e estabeleceu a marca de 1m 33,532s com pneus macios, no meio da tarde. Ele terminou meio segundo à frente de Max Verstappen, o piloto da Red Bull terminando em P2 na sexta-feira.


Com 40 minutos restantes, o atual campeão lutou roda a roda com Sainz, a dupla fazendo uma exibição de frenagem tardia no final do dia.


O piloto da Aston Martin, Lance Stroll, terminou em terceiro, deixando Lewis Hamilton para quarto, o piloto da Mercedes substituiu George Russell, que terminou em 13º com 67 voltas da manhã.


Esteban Ocon, quinto, parou a pouco mais de 90 minutos do final da sessão – o líder da manhã trazendo a quarta bandeira vermelha do dia com mais de 100 voltas no currículo. Ele emergiu mais tarde para aumentar sua contagem de voltas no que foi um dia mais promissor para a Alpine.

Em P6 estava Leclerc, da Ferrari, seu tempo bom para o vice-campeonato pela manhã, antes que as condições começassem a esfriar e os tempos caíssem.


Lando Norris, da McLaren, foi brevemente interrompido por uma paralisação na saída dos boxes para trazer a quinta bandeira vermelha a pouco mais de uma hora do final. Em P7, ele novamente assumiu o volante durante todo o dia na ausência de um doente Daniel Ricciardo.


Sebastian Vettel terminou em oitavo depois de assumir as funções matinais pela Aston Martin, um problema de confiabilidade que o fez parar fora da pista. Quando ele emergiu para completar a sessão da manhã, o teste de bandeira vermelha da FIA indicou uma rápida retirada para o pit lane do tetracampeão. Quando o dia terminou, outra bandeira vermelha surgiu – desta vez resultando em um início de treinos para o campo terminar tudo, exceto a sessão de Haas.


Kevin Magnussen fez seu retorno ao cockpit e continuou correndo depois que a bandeira quadriculada foi hasteada, enquanto a Haas recuperava o tempo perdido por ter encontrado atrasos de frete que os impediram de correr na manhã de quinta-feira.


Na verdade, Magnussen acabaria estabelecendo a volta mais rápida do dia, registrando 1m 33.207s durante suas voltas solo no Circuito Internacional do Bahrein à noite.


O companheiro de equipa Mick Schumacher foi 12º, entretanto, um problema de escape, vendo o jovem alemão sair prematuramente do carro antes do almoço.


Completando o top 10 estava Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, com mais de 100 voltas em seu nome ao longo do dia.


De manhã, Valtteri Bottas trouxe a terceira bandeira vermelha do dia, parando fora da pista logo após o teste da bandeira vermelha da FIA para encerrar a sessão mais cedo. O piloto da Alfa Romeo passou a tarde a Zhou Guanyu, com o piloto estreante terminando em 15º e último na tabela – mas somando um sólido meio século de voltas.


Atrás de Russell estava o ex-companheiro de equipe Nicholas Latifi - o piloto da Williams em 14º lugar trazendo a primeira bandeira vermelha de sexta-feira quando os freios de seu carro pegaram fogo e o fizeram girar e pular na curva 12. o dano resultante, embora eles tenham citado um problema "menor" para o fogo do freio.


O calor certamente está no Bahrein, e com apenas um dia de testes de pré-temporada restantes, as equipes têm tudo a fazer para aperfeiçoar suas máquinas antes do Grande Prêmio do Bahrein em 20 de março. Talvez também veremos algumas novas atualizações enfeitar os carros no Dia 3.


A cobertura do teste oficial de pré-temporada está sendo transmitida pela F1 TV na integra e o Bandsports está iniciando a sua transmissão à partir das 11h .

24 views0 comments