• Gustavo Granato

SANTOS É PÍFIO E PERDE NA ESTREIA DA LIBERTADORES

Barcelona domina o Santos na Vila Belmiro.


O Santos estreou com derrota na Copa Libertadores da América. Em partida válida pelo Grupo C, o Santos enfrentou o Barcelona de Guayaquil, do Equador. A equipe equatoriana não passou sustos durante o jogo, defendeu muito bem e jogou em cima dos erros do Santos.


O JOGO


Durante o primeiro tempo, o Santos não ofereceu perigo para o time equatoriano, a não ser em falta cobrada de longe por Marinho. A equipe da Baixada não teve nenhuma finalização certa em direção ao gol, parou na forte marcação do Barcelona e teve os 11 iniciais de Ariel Holan muito questionados pela torcida Santista, principalmente com Pará no meio-campo.


Com muita chuva no primeiro tempo, era esperado que o Santos tirasse Pará do meio e colocasse um homem de origem na posição durante o intervalo, mas nada foi feito, e o Santos voltou o mesmo. O Peixe viu o Barcelona fazer 1x0 com Carlos Garcés, que sozinho abriu o placar. Logo após o gol do time equatoriano, Holán sacou Pirani que pouco conseguiu criar, colocou Lucas Braga tentando deixar o time mais agressivo e tirou Madson para a entrada de Vinicius Balieiro. Já o técnico Fabián Bustos tirou o meia-atacante Molina, para a entrada de Castillo, esse que faz a ponta esquerda e tem forte apelo defensivo. O Barcelona fechou a casinha.


Mesmo com as alterações, o Santos continuou com muita dificuldade na criação e viu Damián Díaz dominar o meio campo pelo time equatoriano. Não demorou muito e em cruzamento de Castillo, Pará empurrou contra a própria meta e o Barcelona fez 2x0.


O Santos não demonstrou nenhuma reação, continuou jogando muito mal e terminou o jogo sem ao menos acertar o gol de Burrai.


Com o resultado, o Barcelona é o líder do Grupo C e espera o confronto entre The Strongest x Boca Juniors, para finalizar a primeira rodada do grupo. A partida acontece na altitude de La Paz e tem cobertura completa pelo Estante do Esporte.

Damián Díaz controlou o meio campo do time equatoriano.

O CARA DO JOGO: Conforme publicado mais cedo no Guia da Libertadores 2021, o meia-atacante da equipe equatoriana Damián Díaz foi o homem do jogo. Não teve dificuldades para organizar o meio-campo da equipe do Barcelona e jogou com liberdade para criar as oportunidades.


A DECEPÇÃO: Depois que contraiu Covid-19, parece que Marinho esqueceu de como jogar bola. O ponta do Santos só jogou com a bola no pé e tirando a cobrança de falta no primeiro tempo, só reclamou e não fez absolutamente nada em campo, irreconhecível.


CORNETA DO COLUNISTA: Se o Santos espera passar para a próxima fase, agora vai ter que ganhar do Barcelona em Guayaquil. Jogou mal, não criou e não buscou em momento nenhum pressionar o time equatoriano. Partida horrorosa de Marinho, Luan Peres e Pará. Todos os três, falharam nos gols do Barcelona e não fizeram nada durante a partida.


A próxima partida do Peixe na competição é contra o Boca Juniors, em La Bombonera. Se jogarem igual ao jogo de hoje, 3x0 pro time argentino é lucro. ACORDA SANTOS!

Muro da Vila Belmiro foi pichado logo após a derrota do Peixe na Libertadores.

296 views0 comments

Recent Posts

See All