• Redação

Semana de UEL: O que esperar na primeira fase do "play-off"

O Barcelona encontra o Nápoles com Maradona a dominar os pensamentos, o Sevilha volta à "sua" competição e há duas equipas portuguesas em ação


O encontro entre Barcelona e Nápoles, numa espécie de dérbi a lembrar Maradona, merece destaque entre os oito embates, mas há outros motivos de interesse.


As cinco vitórias do Barcelona

A passagem do Barcelona para a UEFA Europa League deu que falar. A formação orientada por Xavi Hernández há muito que não está habituada a andar por esta competição e viu calhar-lhe em sorte no "play-off" o Nápoles. Mas esta presença do Barcelona na Europa League tem um aliciante: é que o conjunto catalão, cinco vezes campeão europeu, antigo vencedor da Taça dos Vencedores das Taças e quatro vezes vencedor da Supertaça Europeia da UEFA nunca conquistou a Taça UEFA/UEFA Europa, embora tenha vencido a competição antecessora, a Taça das Cidades com Feira, que não era organizada pela UEFA.


O Barcelona está, contudo, longe de ser o único clube com troféus europeus entre as 16 envolvidas neste "play-off": delas, apenas Atalanta, Braga, Dinamo Zagreb, Leipzig, Olympiacos, Real Betis, Real Sociedad e Sheriff nunca conquistaram qualquer competição continental. As restantes têm, entre si, oito títulos de campeão europeu, dez Taças UEFA/UEFA Europa Leagues, sete Taças dos Vencedores das Taças e nove Supertaças europeias.


Haaland de volta às raízes

Erling Haaland não estará certamente feliz por ter visto fugir um lugar nos oitavas-de-final da UEFA Champions League, mas pode pelo menos fazer uma viagem emocionante pela memória ao regressar à competição onde fez as suas primeiras aparições nas competições europeias, marcando quatro golos em cinco jogos, então com 17 anos, pelo Molde em 2018/19.


Pela frente, Haaland e o seu Dortmund terão o Rangers, que deve ter em conta de que Haaland já marcou contra adversários escoceses nesta competição: duas vezes na vitória por 3-0 sobre o Hibernian, de Edimburgo, numa terceira pré-eliminatória, em agosto de 2018. De referir ainda que todos os quatro golos que o jovem avançado norueguês leva nesta competição foram marcados em casa.


Sheriff terá o Braga sem Galeno

O campeão moldavo, Sheriff, já deixou sua marca no futebol europeu esta temporada, iniciando sua primeira campanha na UEFA Champions League com uma vitória por 2-0 sobre o Shakhtar Donetsk antes de ainda mais sensacional triunfo por 2-1 no terreno do Real Madrid.


A equipa de Tiraspol não conseguiu apurar-se para a fase seguinte da UEFA Champios League, mas teve o enorme prémio de consolação de estar pela primeira vez nas competições europeias depois do Natal. Pela frente terá agora o Braga, finalista vencido da prova em 2010/11. "Há um grande desejo de seguir em frente", disse o treinador ucraniano do Sheriff, Yuriy Vernydub. "Vamos preparar-nos com seriedade e queremos abordar os jogos da melhor forma possível".


O Braga, por seu lado, já não irá poder contar com aquele que é um dos melhores marcadores prova até ao momento, Galeno. Mas isto não quer dizer que o brasileiro esteja fora da competição, para mal dos pecados da Lazio. É que Galeno, que leva seis golos em seis jogos na prova esta época, mudou-se para a outra equipa portuguesa que vai estar em cena neste "play-off", o Porto, com os "dragões" a medirem forças com a turma da capital italiana.


CONFIRA OS HORARIOS DOS JOGOS

Jogos acontecerão na Quinta-feira, 17 de Fevereiro


14h45

  • Barcelona (ESP) - Nápoles (ITA)

  • Zenit (RUS) - Real Betis (ESP)

  • Dortmund (GER) - Rangers (SCO)

  • Sheriff (MDA) - Braga (POR)


17h00

  • Sevilha (ESP) - Dinamo Zagreb (CRO)

  • Atalanta (ITA) - Olympiacos (GRE)

  • Leipzig (GER) - Real Sociedad (ESP)

  • Porto (POR) -Lazio (ITA)

7 views0 comments