• Redação

Shell vence segunda bateria da Corrida de Duplas da Stock Car com Galid Osman e Enzo Elias

Maior patrocinadora do esporte a motor no Brasil e no mundo estreia com Galid e Zonta no top5 do campeonato

Depois de ver a vitória escapar duas vezes em Interlagos na temporada 2021 por motivos alheios à sua atuação, Galid Osman enfim pode comemorar sua primeira vitória como piloto Shell. O titular do Chevrolet Cruze #28 finalizou a primeira bateria da Corrida de Duplas em oitavo e viu seu convidado, o campeão da Porsche Cup Enzo Elias, receber a bandeirada em primeiro lugar na corrida 2.


A dupla Ricardo Zonta e Danilo Dirani também teve grande jornada, finalizando a primeira corrida em quinto e a segunda em sétimo.


Como consequência, os titulares dos carros #28 e #10 estão entre os cinco mais bem colocados no campeonato. Galid é quarto, com 25 pontos, Zonta é quinto, com 23.


A dupla Átila Abreu e Renan Guerra protagonizou uma jornada de recuperação. Depois de 23º lugar no quali, o carro #51 terminou a primeira bateria com Átila em 11º e a segunda com Renan em 13º. O competidor sorocabano é 11º colocado no campeonato, com os 12 pontos acumulados em São Paulo.


As corridas

Na largada, Galid defendeu a linha interna e contornou a segunda perna do S do Senna em quarto. Zonta fechou a primeira volta já em sétimo, favorecido por uma boa largada. E Átila, também negociando bem os espaços na volta inaugural, já havia saltado de 21º para 14º.


Quando foi aberta a janela obrigatória de pit-stops, na volta 6, o trio da Shell aparecia nas mesmas posições. Galid então emparelhou com Daniel Serra no fim da reta Oposta e freou o carro na parte suja da pista, perdendo a melhor tangência. Ele passou além da zebra e retorno à prova ainda no top10.


O trabalho de pit-stop dos três carros foi eficiente e, com o pelotão reordenado após a janela de paradas, Zonta vinha em sexto, Galid em 11º e Átila em 14º.


Na 15ª volta, o carro #28 entrou no top10. Duas voltas mais tarde, Zonta foi sagaz no uso do botão de ultrapassagem e numa só manobra deixou dois concorrentes para trás, avançando de sétimo para nono.


Galid ainda conquistou mais duas posições nas voltas finais, fechando a corrida em oitavo -três posições atrás do ex-F1 com o Corolla #10. Átila continuou avançando e fechou a prova com um total de dez posições conquistadas, em 11º.


Com a inversão de grid, Enzo Elias partiu em terceiro com o carro #28, Danilo Dirani em sexto com o #10 e Renan Guerra em 11º com o #51.


Guerra brilhou na largada, saltando para quinto. Enzo conservou o terceiro posto e Dirani fechou a volta inicial em sétimo.


Enzo tentava buscar o líder e tinha mais de 1s de vantagem para o terceiro na volta 5, quando os outros carros Shell vinham no pega da prova. Dirani foi esperto com o botão de ultrapassagem na reta, passando Guerra e Vitor Baptista para assumir o quinto posto. Na passagem seguinte, Guerra superou o concorrente no carro #121 no mesmo trecho para retomar o oitavo lugar.


Então foi aberta a janela de pits obrigatórios.


Guerra entrou na primeira das quatro voltas. Enzo fez sua parada na segunda. Dirani na terceira.


Quando os ponteiros retomaram a pista, Enzo tinha vantagem sobre o #18, que vinha liderando. O pit-stop da equipe Shell V-Power foi 5.169s mais veloz que o do adversário, que ainda perdeu mais tempo ralando o carro no guard rail na saída do pit-lane.


Com o pelotão reordenado após o fim da janela, Enzo liderava com o #28 cerca de 4.5s à frente do #18. Dirani era oitavo, Guerra 13º.


No final o Corolla #10 ainda conquistou mais uma posição, recebendo a bandeirada em sétimo. Enzo confirmou a vitória, e Guerra cruzou em 13º.


GALERIA DE IMAGENS

A próxima etapa da Stock Car acontece em Goiânia, nos dias 19 e 20 de março.


Stock Car – Campeonato (top10):


  • Gabriel Casagrande 41 pontos

  • Daniel Serra 32

  • Thiago Camilo 31

  • Galid Osman 25

  • Ricardo Zonta 23

  • Allam Khodair 22

  • Marcos Gomes 19

  • Rafael Suzuki 19

  • Julio Campos 18

  • Gaetano di Mauro 15

  • Átila Abreu 12

17 views0 comments