• Redação

SPRINT RACE: O herói da cidade natal, Vidales, conquista a primeira vitória na F3

David Vidales, da Campos Racing, manteve a calma na frente para conquistar sua primeira vitória na Fórmula 3, tanto na corrida em casa quanto na de sua equipe.

O estreante espanhol lidou com a pressão desde o início, conseguindo uma largada forte da pole do grid invertido e conseguiu manter Jak Crawford sob controle enquanto duelavam no meio da corrida. O piloto da PREMA Racing acabou tendo que se contentar com o segundo lugar.


Enquanto isso, havia uma batalha feroz atrás pelo último lugar do pódio, com Juan Manuel Correa lutando muito em seu retorno à F3 após uma lesão. No entanto, como os pneus do piloto da ART Grand Prix se desgastaram, ele foi ultrapassado por Caio Collet, da MP Motorsport, em terceiro e Arthur Leclerc, que terminou em quinto.


Alexander Smolyar conquistou quatro lugares para terminar em sexto, à frente de Kaylen Frederick, da Hitech Grand Prix, e Roman Stanek, da Trident. Reece Ushijima garantiu seus primeiros pontos no Campeonato em nono, com Isack Hadjar completando o top 10.


COMO ACONTECEU

Uma forte fuga para a primeira fila com o semáforo apagado viu Vidales manter a liderança à frente de Correa, apesar da tentativa de Crawford de abrir três na curva 1. O piloto americano acabou tendo que desistir da jogada e permaneceu em terceiro.


Havia uma abundância de ação por trás deles, como Collet tentou passar Frederick para o quarto e Smolyar e Oliver Bearman duelaram pelo P6. Quando Smolyar mergulhou no interior da curva 10, a dupla ficou de lado e o piloto da PREMA pagou o movimento utilizando o slipstream na curva 1 na volta seguinte.


Em seu retorno à F3, Lirim Zendeli, da Charouz Racing System, estava com as mãos cheias batendo Ido Cohen e Brad Benavides. Fazendo o movimento acontecer, Cohen colocou seu carro Jenzer Motorsport na 22ª posição.


De volta à frente, Vidales foi lenta mas seguramente abrindo uma lacuna de Correa atrás, que logo foi despachado por Crawford ao longo da reta DRS. O piloto da PREMA então se concentrou em agarrar os Campos na frente. Nos outros dois PREMAs, Leclerc saltou à frente de Bearman, que foi rapidamente ultrapassado por Stanek por P8.


O desastre logo atingiu o líder do Campeonato Victor Martins na volta 7. O piloto da ART desacelerou na pista e foi forçado a voltar aos boxes, abandonando a corrida. Franco Colapinto foi outro aposentado, depois que a tampa do motor de seu carro Van Amersfoort Racing quebrou.

A volta 11 viu Crawford pegando os calcanhares de Vidales na luta pela liderança, a dupla entrou na curva 1. O espanhol foi duro na defesa, enquanto o piloto da PREMA saltava sobre o meio-fio de salsicha, permitindo que Vidales começasse a puxar uma lacuna mais uma vez.


Fazendo movimentos na ordem, Collet se atrasou nos intervalos da curva 1 para passar por Frederick para o P4 e seu companheiro de equipe Smolyar logo o seguiu. Na luta pelos pontos finais, Hadjar passou por Ushijima e Bearman para chegar em nono.


Quando a corrida entrou em seus estágios finais, a defesa do terceiro lugar de Correa chegou ao fim, com Collet capitalizando no vácuo, enquanto Leclerc saltava para o sexto à frente de Frederick. O trem que se formou atrás do motorista equatoriano-americano logo entrou em ação quando Smolyar foi roda a roda com Correa. O movimento não valeu a pena quando ele ficou atrás de Leclerc, que encontrou seu próprio caminho após o ART e em quarto.


No entanto, ninguém conseguiu chegar perto de Vidales quando ele cruzou a linha para conquistar sua primeira vitória na categoria em casa, 1,2 segundos à frente de Crawford em segundo. Collet completou o pódio em terceiro, à frente de Leclerc, Correa e Smolyar. Frederick terminou em sétimo para a Hitech, à frente de Stanek em oitavo. Ushijima foi o nono pelo VAR, ultrapassando Hadjar por dois pontos cruciais.


CITAÇÃO PRINCIPAL – David Vidales, Campos Racing


“Primeira vitória para mim e para a equipe este ano, então estou extremamente feliz com isso. Fizemos um trabalho incrível desde o primeiro dia e o progresso que mostramos desde a primeira corrida até esta é incrível - no ritmo de corrida e em todos os lugares.


“Super orgulhoso da equipe e espero que possamos obter muito mais disso!”


A VISÃO DO CAMPEONATO

Os sete pontos do quarto lugar foram suficientes para Leclerc assumir a liderança do Campeonato de Pilotos com 43 pontos, um ponto à frente do companheiro de equipe Crawford. Roman Stanek é o terceiro com 38 pontos, enquanto Victor Martins está em quarto após sua aposentadoria, com 36 pontos. Isack Hadjar completa os cinco primeiros com 32 pontos.


Na classificação por equipas, a PREMA Racing lidera com 102 pontos, à frente da ART Grand Prix com 71 e Trident com 57. A Hitech Grand Prix é a quarta com 46 e a MP Motorsport é a quinta com 38.


QUAL É O PRÓXIMO?

Roman Stanek, da Trident, larga na pole para a Feature Race de domingo, com Victor Martins como companhia na primeira fila. A corrida terá início às 06:05, hora de Brasília.

3 views0 comments