• Estante Do Esporte

Tudo o que você precisa saber antes do BMW i Berlin E-Prix

O Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA 2020/21 atinge seu clímax neste fim de semana (14 e 15 de agosto) com uma dupla jornada em Tempelhof, para o BMW i Berlin E-Prix apresentado pela CBMM Nióbio - e o prêmio em oferta é a primeira FIA Honras do campeonato mundial.

Com duas rodadas restantes, 18 pilotos ainda estão na disputa matemática pelo Campeonato Mundial de Pilotos, ilustrando o quão difícil, imprevisível e competitiva esta temporada tem sido, mesmo para os padrões da Fórmula E.


Doze equipes, 10 fabricantes e uma grade cheia de pilotos de classe mundial trocaram golpes durante todo o ano. Dez pilotos subiram o degrau mais alto do pódio, cada piloto marcou um ponto e não há nada para dividir o grupo da frente após 13 rodadas.


COMO ESTÁ A DISPUTA FINAL

Nyck de Vries, da Mercedes-EQ, lidera o caminho com uma vantagem de seis pontos sobre Robin Frijns (Envision Virgin Racing), depois de um par de segundos colocados em Londres, enquanto o líder se dirige para seu E-Prix caseiro, Sam Bird (Jaguar Racing), está em terceiro, empatado com o compatriota Brit Jake Dennis (BMW i Andretti Motorsport) na tabela de pontos após a segunda vitória do novato na última corrida no ExCeL Circuit.


O atual campeão Antônio Felix da Costa (DS TECHEETAH) está preparado e pronto para atacar em quinto lugar, a 15 pontos do holandês de Vries, enquanto busca manter o título.


Uma vitória pode mudar tudo na mesa das equipes, também, com Envision Virgin Racing liderando o caminho do fabricante Mercedes-EQ e Jaguar Racing por sete e nove pontos, respectivamente. O atual titular do time, o DS TECHEETAH, espera nas pontas a 17 pontos atrás do líder.


Será que De Vries conseguirá levar para casa sua pequena vantagem? Será que o experiente chefe Sam Bird finalmente chegará ao topo? Quais são as chances de o novato Dennis encerrar o período da BMW na Fórmula E da melhor maneira possível? Ou será que da Costa vai dobrar depois de marcar 91 pontos - o equivalente a seis terceiro lugar na recuperação - naquela final da 6ª temporada de seis corridas em Tempelhof ?


Não despreze os rapazes que já estiveram lá antes. O campeão de 2016/17 Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler) terá mais fome do que nunca com o objetivo de ver a Audi sair da Fórmula E em alta e tanto ele quanto o bicampeão Jean-Eric Vergne (DS TECHEETAH) - dois dos mais bem-sucedidos pilotos na história da Fórmula E - encontram-se fora dos 10 primeiros, mas com grupos de qualificação favoráveis.


Com 29 pontos disponíveis em cada uma das rodadas 14 e 15, haverá muitas voltas e reviravoltas antes que o destino das maiores honras seja decidido na tarde de domingo.


OS HOLANDESES VOADORES LIDERAM O CAMINHO

Não foi há muito tempo que o chefe da equipe da Mercedes-EQ, Ian James, admitiu que sua equipe tinha 'falhado muito' em manter a consistência após seu domínio inicial nesta temporada.


No entanto, James e sua equipe serão rejuvenescidos após um pódio duplo em Londres, cortesia do agora líder do Campeonato Mundial de Vries. O jogador de 26 anos detém uma vantagem de seis pontos na final de duas partidas em Berlim sobre seu compatriota Frijns, que na semana passada estendeu sua permanência na equipe para a temporada de 2021/22.


VOLTAR PARA TEMPELHOF

A série de corrida net zero carbon retorna ao Circuito de Rua do Aeroporto de Tempelhof, de 2,4 km, nos arredores da capital alemã. Tempelhof contou com seis corridas notáveis ​​em três layouts de pista diferentes em nove dias no que foi seguramente o final de temporada mais intenso da história do automobilismo no ano passado, encerrando a sexta temporada.


Duas configurações diferentes serão usadas no fim de semana, com a corrida de sábado usando o tradicional sentido anti-horário e o domingo mudando para o sentido horário - uma primeira vez para a Fórmula E em um evento de duplo cabeçalho.


Haverá um retorno bem-vindo para os fãs, também, já que o E-Prix será aberto ao público pela primeira vez desde o início da pandemia global, com mais de 10.000 assentos na arquibancada da Admissão Geral disponíveis graças a um rigoroso sistema de segurança e higiene protocolo estabelecido entre os organizadores da Fórmula E e as autoridades de Berlim.


CONFIRA A GALERIA DOS VENCEDORES DE BERLIN EM 2020 (5 PROVAS NA CIDADE)



CONFIRA A BRIGA PELO CAMPEONATO DE EQUIPES


A transmissão confirmada fica pela TV Cultura no Sábado à partir das 5:00 (horário de Brasília) com a qualificação para o e-Prix.

1 view0 comments