• Gustavo Granato

BRASILEIRÃO: TUDO QUE ROLOU PELA 6ª RODADA!

Confira os destaques e toda a análise da 6ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Campeonato Brasileiro continua pegando fogo! Com os jogos da noite dessa quinta-feira, a 6ª rodada terminou e com ela vem nossa boa e velha análise.


Internacional vence no retorno de Aguirre em jogo com muita confusão, Athletico-PR perde a invencibilidade fora de casa, São Paulo continua sem vencer e o Bragantino vence o Palmeiras, assumindo a liderança do Brasileirão. Gols, melhores momentos, análises, tudo isso e muito mais, você confere agora no Estante do Esporte!


São Paulo 2-2 Cuiabá

Equipes seguem sem vencer no Brasileirão.


Nem São Paulo, nem Cuiabá, sabem o que é vencer do Brasileirão. O Tricolor acertou a trave duas vezes, pressionou, mas só empatou com o Cuiabá no Morumbi.


O São Paulo teve o domínio do jogo, principalmente na primeira etapa. Com 17, em excelente contra-ataque, Benítez fez o corta-luz, se posicionou bem pra receber de Rigoni e abrir o placar. Foi a volta de Benítez ao time titular do São Paulo após nove jogos, o argentino se recuperava de um estiramento na coxa esquerda.


Foto: São Paulo segue sem vencer | ASSCOM

Pouco depois, em falta na lateral da área, a bola sobrou para Rafael Gava, sem nenhuma marcação, empatar pro Cuiabá. O chute de Gava, foi a primeira finalização da equipe na partida. Com o empate, o São Paulo se assustou na partida e animou os visitantes, que aproveitaram o momento e no contra-ataque, Elton subiu de cabeça, virando a partida. O Tricolor claramente estava assustado e contra todas as expectativas, Rigoni acertou o cruzamento para Gabriel Sara, que fez de cabeça e empatou o jogo aos 42 da primeira etapa.


Se o primeiro tempo foi eletrizante, no segundo tempo o jogo deu sono. O São Paulo tinha a posse da bola, mas não conseguia ameaçar o Cuiabá. O único lance que realmente levou algum perigo, foi aos 29, quando Liziero achou Vitor Bueno, que mandou a segunda bola na trave do São Paulo na partida.



Com o empate, o São Paulo é o 17º colocado, com 3 pontos. Já o Cuiabá, está uma posição acima, em 16º com os mesmos 3 pontos. Vale lembrar que o Cuiabá tem apenas 4 jogos, contra 6 do Tricolor do Morumbi.


As duas equipes viajam na próxima rodada e jogam fora de casa. O São Paulo encara o Ceará, na Arena Castelão, domingo, ás 20h30. No mesmo dia e horário, o Cuiabá viaja até Recife, para encarar o Sport na Ilha do Retiro.



Bragantino 3-1 Palmeiras

Braga está invicto e assume a liderança.


O Bragantino segue invicto no Brasileirão e assumiu a liderança após bater o Palmeiras em Bragança Paulista. Com dois gols ainda no primeiro tempo, o massa bruta soube controlar o jogo na segunda etapa e não deu chances para o Palmeiras reagir.


A equipe de Bragança fez valer o fator casa mesmo sem torcida e sufocou o Palmeiras. Pressionou a saída de bola quase dentro da área, deixando a defesa da equipe alviverde em apuros algumas vezes. Ytalo fez o primeiro gol em jogada de legítimo centroavante: Em bola rebatida na área, bem posicionado, jogou pro fundo da rede. Após o gol, o Braga recuou e o Palmeiras até cresceu no jogo, principalmente com Gustavo Scarpa, que fez mais uma ótima partida apesar da derrota.


Foto: Líder e invicto! | Bragantino

Indo atrás do resultado, o Palmeiras deixou espaços e viu Ytalo passar por Felipe Melo como se fosse um poste e bateu na saída do goleiro: 2-0 Braga! Na volta do intervalo, o Palmeiras continuou indo pra cima, mas parava no goleiro Cleiton, que fez grande partida.


Pedra mole em pedra dura, tanto bate até que Breno Lopes, transformou a superioridade do Palmeiras na partida em um belo gol, descontando o placar. Faltando apenas 15 minutos pro final, Abel Ferreira colocou o Palmeiras com 4 atacantes atrás do empate. O segundo gol do Palmeiras parecia questão de tempo, mas o Braga fez mais um com Ytalo, o terceiro dele e matou a partida



Com a vitória, o massa bruta assume a liderança com 14 pontos e é a única equipe ainda invicta nesse Brasileirão: São 4 vitórias e 2 empates. Já o Palmeiras, conheceu sua primeira derrota e é o 5º colocado, com 10 pontos.


Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Bahia no Allianz Parque, domingo, ás 20h. O Bragantino joga no mesmo dia e horário, mas tem pedreira. Vai até o estado de Goiás, encarar o Atlético Goianiense no Antônio Accioly.



Chapecoense 1-2 Internacional

Na estreia de Aguirre, Inter vence e quebra tabu na Arena Condá.


Na estreia de Diego Aguirre como técnico, o Inter venceu e quebrou o tabu em cima da Chapecoense. Pela primeira vez na história do Brasileirão, venceu a Chape na Arena Condá: Eram 5 jogos e 5 vitórias pro time catarinense.


Logo no começo, a Chape fez besteira na saída de bola, o Inter subiu a marcação e Caio Vidal abriu o placar. Mais um tabu quebrado: É o primeiro gol do Internacional no Brasileirão sem ser de bola parada. A Chape só foi oferecer perigo aos 20, quando Felipe Santana subiu sozinho na área e cabeceou pra fora. Mas o Inter não deixou barato e em linda jogada, Edenilson mandou de letra para Yuri Alberto que também de letra, colocou Mauricio na cara do gol, batendo na entrada da área e obrigando o goleiro João Paulo a fazer uma bela defesa.


Foto: Aguirre pé quente | Internacional

O Inter dominava a partida e transformou isso em mais um gol. Aos 34, Yuri Alberto saiu cara a cara com o goleiro João Paulo e mandou pro fundo da rede. O time gaúcho recuou um pouco e começou a explorar os contra-ataques, oferecendo muito perigo pro time da Chape.


Já no segundo tempo, a Chapecoense começou pressionando e ofereceu muito perigo aos 3 minutos em cabeçada de Alselmo Ramon. Porém, no lance seguinte Yuri Alberto fez um corta-luz, Edenilson ajeitou e o centroavante colorado bateu forte, obrigando João Paulo a fazer mais um milagre. Mesmo sendo superior, o Inter passava sufoco na bola aérea e a Chape explorou isso: Com 9 minutos, bola na área e Derlan desviou para diminuir o placar.


O jogo ficou lá e cá: Mauricio mandou na trave pro Inter e a Chape só não empatou o jogo porque o goleiro Daniel fez grande defesa em chute cara a cara com Perotti. O jogo continuou nervoso até o final e nos acréscimos, Bruno Silva agrediu Peglow, que demorou pra repor a bola e levou vermelho. Na confusão, Caio Vidal e o goleiro reserva do Inter, Danilo Fernandes também foi expulso. O time gaúcho soube sofrer e segurou o placar até o apito final, ufa!



Com a vitória fora de casa, o Inter espanta a má fase e respira na tabela. Assumiu a 13ª colocação com 8 pontos. A Chapecoense segue sem vencer: tem 3 empates e 3 derrotas, é a 18ª colocada e tem 3 pontos.


A Chape visita o Athetico-PR, que perdeu a invencibilidade nessa rodada contra o Bahia. O jogo será na Arena da Baixada, domingo, ás 20h. O colorado também viaja na próxima rodada e vai encarar o América-MG na Arena Independência, também no domingo, só que ás 20h30.



34 views0 comments