• Redação

UEFA aprova formato final e lista de acesso para as competições de clubes de 2024/25


Não haverá mais acessos assegurados com base nos coeficientes dos clubes. Oito jogos em vez de dez na nova fase de liga.


UEFA

Após uma exaustiva consulta às partes interessadas na modalidade, o Comité Executivo da UEFA aprovou hoje, em Viena, o formato final e a lista de acesso para as competições europeias de clubes a partir da época 2024/25, na sequência da sua decisão de 19 de Abril de 2021, ao introduzir o chamado “Sistema suíço”.


As principais alterações prendem-se com a redução de dez jogos para oito na fase de ligas da UEFA Champions League e a alteração dos critérios de atribuição de duas das quatro vagas adicionais na UEFA Champions League, eliminando o acesso com base no coeficiente de clubes. Isto confirma o forte compromisso da UEFA com o princípio de competições abertas e mérito desportivo, ao mesmo tempo que reconhece a necessidade de proteger as ligas nacionais.

Os oito jogos da UEFA Champions League serão disputados ao longo das dez semanas europeias previstas pela decisão tomada em Abril de 2021. A UEFA Champions League, a UEFA Europa League e a UEFA Europa Conference League terão uma semana de exclusividade no calendário.


Os quatro lugares adicionais criados pelo aumento de 32 para 36 equipas na fase de ligas da UEFA Champions League serão atribuídos da seguinte forma:


• Um lugar será atribuído ao terceiro classificado no campeonato da federação na quinta posição no ranking das federações nacionais da UEFA.


• Um lugar será concedido a um campeão nacional, aumentando de quatro para cinco o número de clubes qualificados através do chamado “Caminho dos Campeões”.


• Os dois últimos lugares vão para as federações com melhor desempenho coletivo dos seus clubes na época anterior (número total de pontos obtidos dividido pelo número de clubes participantes). Essas duas federações vão garantir um lugar para o clube melhor classificado na liga nacional atrás das posições na UEFA Champions League. Por exemplo, no final da temporada atual, as duas federações que adicionam um clube à Champions League, com base no desempenho coletivo dos seus clubes, seriam Inglaterra e Países Baixos.


• O Comité Executivo da UEFA confirmou mais uma vez que todos os jogos antes da final serão ainda disputados a meio da semana, reconhecendo a importância do calendário doméstico de jogos em toda a Europa.


Resumo do formato

Considerando o número total de equipas, de 32 para 36 na UEFA Champions League, a maior mudança será a transformação da tradicional fase de grupos para uma única fase de liga, incluindo todas as equipas participantes. Cada clube terá agora garantido um mínimo de oito jogos da fase de liga contra oito adversários diferentes (quatro jogos em casa, quatro fora) em vez dos seis jogos anteriores contra três equipas, disputados em casa e fora.


Os oito melhores conjuntos da fase de liga apuram-se automaticamente para a fase a eliminar, enquanto as equipas que terminarem do nono ao 24º lugar disputarão um "play-off" a duas mãos para garantir o caminho para os oitavas-de-final da competição.


Mudanças de formato semelhantes também serão aplicadas à UEFA Europa League (oito jogos na fase de liga) e na UEFA Europa Conference League (seis jogos na fase de liga) e ambas também incluirão 36 equipas na fase de liga.

14 views0 comments