• Fernando Lima

UM ESPANHOL CAMPEÃO E UMA VITÓRIA DOMINANTE DO HERTA NOVAMENTE

ALEX PALOU CONQUISTOU SEU PRIMEIRO CAMPEONATO DA INDYCAR SERIES COM UMA DIREÇÃO COMPOSTA PARA O QUARTO LUGAR NO DOMINGO NO ACURA GRAND PRIX DE LONG BEACH, UMA CORRIDA VENCIDA POR COLTON HERTA.



Alex Palou se tornou o primeiro espanhol a ganhar um campeonato da INDYCAR SERIES e é o segundo campeão consecutivo da Chip Ganassi Racing e 14º campeão geral da INDYCAR SERIES. Esta é sua primeira temporada com a equipe poderosa no 10º lugar da Chip Ganassi Racing Honda, ingressando na CGR após sua temporada de estreia em 2020, quando terminou em 16º na classificação.

“Que corrida, que ano, que temporada”. “Essa equipe é incrível. Estou muito orgulhoso de fazer parte da Chip Ganassi Racing, todos os nossos parceiros. Estou super orgulhoso de ser campeão e pela oportunidade que esses caras me deram”.
“Sonho concluído. Vamos pegar outro agora. ”

- disse Palou.


Disse o dono da equipe, Chip Ganassi:

“Senhoras e senhores, vocês estão vendo um jovem que vai estabelecer muitos recordes neste negócio e ele já está começando. Que ano ótimo que tivemos. Tenho que ser honesto com você: nos surpreendeu quando ele entrou e o trabalho que fez. Tirou o chapéu. Parabéns."


No sinal mais definitivo do movimento juvenil nesta temporada na série, Palou, 24, é o primeiro campeão da INDYCAR SERIES com menos de 25 anos desde o atual companheiro de equipe Scott Dixon em 2003. Palou é o sétimo campeão mais jovem na história da INDYCAR SERIES.


Herta, que liderou todas as três sessões de treinos neste fim de semana, venceu Josef Newgarden com a bandeira quadriculada por 0,5883 de segundo com o seu Honda para terminar a temporada com duas vitórias consecutivas e três no geral em 2021. Herta se recuperou da largada em 14º depois de bater na parede na qualificação. Ele varreu ambas as corridas em sua Califórnia natal nesta temporada e venceu pela primeira vez em sua corrida doméstica em Long Beach, que ele participou desde a infância para assistir seu pai e atual estrategista, Bryan Herta, correr na INDYCAR.



Scott McLaughlin conquistou o prêmio de Estreante do Ano depois de terminar em 11º tornando-se o primeiro piloto da equipe Penske a receber esta honra. O neozelandês McLaughlin juntou-se à equipe INDYCAR SERIES da Penske depois de ganhar três títulos consecutivos do Australian Supercars para a organização.


O segundo lugar ajudou Josef Newgarden a saltar para o segundo lugar na classificação final do campeonato, 38 pontos atrás de Palou.


Pato O'Ward, que entrou na corrida 35 pontos atrás de Palou em segundo, terminou com 62 pontos atrás em terceiro após um dia decepcionante. O'Ward's com a Arrow McLaren SP foi atingido por trás pelo carro do Ed Jones e girou na curva fechada no final da volta 1, deixando-o no final do campo. Esse contato levou a uma perda de tração na volta 19, depois que o semi-eixo de sua roda traseira direita quebrou.


O'Ward voltou à pista na volta 53 após um extenso tempo de reparos, mas desistiu quando se tornou aparente que o segundo lugar no campeonato estava fora de alcance. Ele terminou em 27º lugar.

“Acho que tivemos uma ótima temporada. Estou orgulhoso da equipe; estou orgulhoso de mim mesmo."


A TEMPORADA ENCERRA COM ÓTIMAS CORRIDAS E UM CAMPEÃO INÉDITO E NOVOS (VELHOS) PILOTOS MOSTRANDO UM FUTURO NA CATEGORIA E TIVEMOS BRASILEIRO NOVAMENTE VENCENDO AS 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS E GANHANDO CARRO PARA A PROXIMA TEMPORADA. ALÉM DISSO TUDO A IMPRESSIONANTE TRANSMISSÃO DA TV CULTURA ONDE A INDY RENASCEU. ESPERO QUE A EMISSORA CONTINUE TRANSMITINDO.

FICA A DICA PARA OS FÃS...NÃO DEIXE DE ACOMPANHAR A INDY E SEMPRE APOIE AS TRANSMISSÕES.

1 view0 comments