• Gui Ribeiro

UM GRANDE TIME COMEÇA DE UM GRANDE VOLANTE?

Sem grandes goleiros em seu plantel, o nome de Enzo Perez ganha força para ser titular de Scaloni na Copa América!


A partida começou, antes mesmo do apito inicial. Sofrendo com um surto de Covid-19, o River se viu com somente 11 atletas disponíveis em seu plantel, e coube a Enzo Perez assumir as luvas e ser o goleiro. Aliás, o experiente volante se recupera de lesão e, para o time não jogar com um menos, foi parar no gol. O River até tentou remarcar a sua partida, porém não foi acatado pela CONMEBOL, por conta da equipe se recusar a inscrever 50 jogadores na competição.

Os 11 atletas disponíveis para a partida. (Foto: Divulgação/CONMEBOL)

PRIMEIRO TEMPO:

Argentinos resolveram logo o jogo (Foto: Divulgação/CONMEBOL)

Todo esperava um River Plate reativo, devido a todas as circunstâncias do jogo, porém o time argentino mostrou a razão que é uma das equipes favoritas para levar a taça para casa. Tanto que aos dois minutos de jogo, Fontana chutou para o gol e após Castellanos bater roupa, a bola sobrou para o Angelleri empurrar para as redes. River não parou por aí, 3 minutos depois Alvarez recebeu um cruzamento para marcar um golaço, sem chance para o goleiro da equipe colombiana. Com o jogo praticamente definido, o River Plate apenas levou em banho-maria a partida.


SEGUNDO TEMPO:


No segundo tempo, o Santa Fé tentou de diversas formas marcar em Enzo Perez, se aproveitou do cansaço da equipe visitante, que tinha no banco somente o seu ex-camisa 10 Gallardo, com isso o time ficou mais atrás, dando campo para o Santa Fé. Aproveitando o seu banco, o técnico Rivera promoveu a entrada de alguns jogadores, entre eles Osorio, que após tabela com Arias, completou de carrinho para o gol, descontando para os visitantes. A equipe da casa pressionou muito o time adversário, porém sem sucesso.


Resultado no Estádio Monumental de Nuñez: RIVER PLATE 2 x 1 SANTA FÉ.

Enzo Perez foi o cara do jogo.

CARA DO JOGO: Não consigo eleger um homem do jogo, já que a equipe inteira se superou, jogando com o Enzo Perez no gol, garantiu a vitória e assumiu a liderança do grupo.


A DECEPÇÃO: O time do Santa Fé, que não conseguiu sair com a vitória, enfrentando um time sem goleiro e sem pode fazer alterações devido as limitações do jogo.


CURIOSIDADE: Não foi a primeira vez que um clube Argentino começou com um jogador de linha uma partida. O Aldovisi na década de 70 usou o seu meia Horacio Striga, no gol devido a vários problemas com os seus arqueiros.


OPINIÃO/CORNETA DO COLUNISTA: Com a vitória do Emelec por 2 a 0 contra o Tolima. Está tudo em aberto entre o Red Bull e o Emelec pela classificação. Na última rodada ambas as equipes jogarão no mesmo horário, o Massa Bruta enfrenta o Tolima na Colômbia; já o Emelec recebe o Talleres no Equador. Vejo o time comandado pelo Barbieri com muita chance de classificação.

8 views0 comments

Recent Posts

See All