• Fernando Lima

VEM AÍ O E-PRIX DE NYC

E-PRIX CHEGA À CIDADE QUE NUNCA DORME CHEIA DE EXPECTATIVAS

A Fórmula E está marcada para uma quarta viagem ao bairro de Red Hook no Brooklyn e uma quarta rodada dupla na cidade de Nova York nos dias 10 e 11 de julho, com o campeonato voltando para a América do Norte depois de um evento dramático em Puebla, no México, da última vez.


COMO FOI EM PUEBLA

Edoardo Mortara (ROKiT Venturi Racing) subiu ao topo da classificação depois de subir ao pódio na 8ª Rodada E-Prix de Puebla, com um tão esperado retorno ao primeiro degrau na 9ª Rodada para assumir a liderança do Campeonato Mundial de Pilotos com um enorme transporte de 40 pontos.


Nick Cassidy (Envision Virgin Racing) alcançou seu primeiro pódio na Fórmula E na segunda corrida em Puebla e a longa espera da Audi Sport ABT Schaeffler por sua primeira medalha de prata do ano terminou com um Lucas di Grassi - Rene Rast com a dobradinha na rodada 8.


Isso tudo significava que a tabela do campeonato viu uma confusão com vários pilotos se juntando à batalha pelo título, ao invés de quaisquer fugas no topo.


COMO ESTÁ O CAMPEONATO


Na corrida pelas honras do Campeonato Mundial da FIA, 12 pilotos agora estão a 24 pontos - uma vitória - de Mortara na liderança do pelotão, onde oito se encontraram nos mesmos limites após a 7ª rodada em Mônaco. Como mostrou o fim de semana de Puebla, tudo pode mudar, e rápido, na Fórmula E.


A enorme quantidade de pontos de Mortara significa que ele é o homem com o alvo nas costas em Nova York. O italiano-suíço foi para o México em 13º na corrida e 30 pontos atrás do então líder Robin Frijns (Envision Virgin Racing).


Um fim de semana tórrido e uma falta de pontuação para o holandês em Puebla deixou a porta aberta para aqueles no pelotão em busca de capitalizar e foi o piloto de Venturi que fez exatamente isso e tem uma margem de 10 pontos sobre Frijns que está em segundo lugar. Ele espera o melhor em Nova York e tem todos os motivos para se sentir encorajado após sua vitória de 2019 na cidade - a mais recente na Fórmula E.


O atual campeão Antonio Felix da Costa (DS TECHEETAH) pode ter lutado para garantir os resultados que esperavam no México, mas tanto ele quanto o companheiro de equipe que conquistou o título de duas vezes, Jean-Eric Vergne, saíram relativamente ilesos, praticamente na mesma situação que eles chegaram.


Foi um ganho líquido para o campeão apesar das lutas, com o português a ocupar o terceiro lugar. Vergne encontra-se em 10º, depois de ter sido removido sem cerimônia da corrida em contato com Nyck de Vries (Mercedes-EQ) na rodada 8 e perder o controle por conta própria, caindo na ordem antes de se recuperar para o oitavo, na segunda corrida.


Dobradinha da Audi com Rast em quarto lugar na classificação, Jaguar Racing, Mitch Evans é o quinto após pontuar duas vezes na última rodada, enquanto de Vries atualmente coloca sexto ter liderado o campeonato até a 7ª rodada em Mônaco depois de uma vitória na 5ª Rodada do E-Prix da DHL Valencia e na corrida de abertura do campeoanto em Diriyah vem caindo na tabela.


VOLTAR PARA RED HOOK

É a favorita dos pilotos, equipes e fãs, e a pista de corrida Red Hook de 2.320 km e 14 curvas permanece praticamente inalterada desde a última visita da Fórmula E em 2019.


O circuito segue seu caminho em torno do Terminal de Cruzeiros do Brooklyn, no coração do bairro de Red Hook, no Brooklyn. É um verdadeiro teste; forrado com quilômetros de concreto implacável, com vista para o Canal Buttermilk e mais para Lower Manhattan e a Estátua da Liberdade.


Os motoristas terão que se concentrar na zona de ativação do MODO DE ATAQUE revisada para negociar, no entanto, com o loop movido da saída da Curva 5 para fora da Curva 10 este ano.


Na batalha pelo Brooklyn que encerrou a campanha de 2018/19, Sebastien Buemi (Nissan e.dams) e Robin Frijns da Envision Virgin Racing venceram cada um.


Foi Jean-Eric Vergne (DS TECHEETAH) quem dominou as manchetes, porém, com o francês escrevendo seu nome nos livros de história como o primeiro bicampeão consecutivo da Fórmula E.


A PRIMEIRA CORRIDA SERÁ NO SÁBADO ÀS 17:00 (HORÁRIO DE BRASÍLIA) E NO DOMINGO A SEGUNDA PROVA ÀS 14:00 (HORÁRIO DE BRASÍLIA) COM TRANSMISSÃO DA TV CULTURA E SPORTV.

12 views0 comments