• Redação

Verstappen estabelece benchmark para chegar ao topo no último dia dos testes

O atual campeão Max Verstappen liderou as tabelas de tempos no último dia de testes de pré-temporada do Bahrein, com um cativante ataque de tempo encerrando a ação no sábado.


Os tempos desmoronaram quando o sol se pôs em Sakhir, o placar matinal mudando constantemente. Uma bandeira vermelha tardia causada pela paralisação de Valtteri Bottas deixou 20 minutos para um ataque de tempo final - durante o qual Verstappen girou 360 graus na curva final antes de estabelecer a volta mais rápida e melhorar para uma referência final de 1m 31.720s, confortavelmente o mais rápido visto em toda os três dias no Bahrein.


Isso deixou o líder anterior, Charles Leclerc, em segundo, a 0,695s da Ferrari, e Fernando Alonso, da Alpine, na P3, com sua volta mais rápida nos minutos finais.


George Russell da Mercedes foi assim rebaixado para P4 – seu companheiro de equipe Lewis Hamilton 17º com 78 voltas da manhã.


Com 40 minutos restantes, Bottas disparou para P5 antes de parar na curva 8 em sua volta de resfriamento, acionando a segunda bandeira vermelha do dia. O finlandês encerrou um dia promissor para a equipe que viu Zhou Guanyu (P11) começar com 82 voltas antes do almoço.


Yuki Tsunoda da AlphaTauri, P6, foi roda a roda com Russell à noite – depois que seus respectivos companheiros de equipe Pierre Gasly (P12) e Hamilton abriram um precedente pela manhã.




O líder da manhã, Sergio Perez , terminou em sétimo no geral, à frente de Mick Schumacher, da Haas.


Schumacher trouxe a primeira bandeira vermelha do dia – muito brevemente – ao sair da curva final após duas horas (39 voltas) de corrida à tarde. Ele estava em P8 quando a bandeira quadriculada voou, mas terá duas horas extras de corrida pela noite, enquanto a Haas recupera o tempo que perdeu na manhã de quinta-feira .


Lando Norris promoveu-se ao P9 muito tarde e, com mais de 80 voltas no quadro, conseguiu a maior quilometragem dos três dias – na ausência de Daniel Ricciardo , afastado por Covid-19.


Sebastian Vettel, da Aston Martin, desfrutou de uma noite produtiva de corrida, com mais de 80 voltas no caminho para o P10.

Lewis Hamilton terminou em 17º no geral, tendo completado 78 voltas na manhã do último dia

No P13 (atrás de Gasly) estava o corredor matutino da Ferrari, Carlos Sainz, uma contagem de 68 voltas levando-o a proclamar que a Scuderia havia "completado" seu programa de testes satisfatoriamente.


O décimo quarto lugar Alex Albon fez apenas 18 voltas em Sakhir no carro na tarde de sábado, com a Williams colocando o piloto da manhã Nicholas Latifi (15º) de volta ao cockpit para elevar seu total para 124 voltas.


Com Lance Stroll da Aston Martin em 16º e Hamilton em 17º, Kevin Magnussen da Haas fechou a classificação tendo começado o dia uma hora mais cedo – a equipe recuperando a corrida perdida, com Schumacher pronto para voltar no sábado à noite.


O Bahrein recebe a primeira rodada do Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2022, onde serão realizados os esforços das equipes na preparação de sua nova geração de máquinas. Quem vai começar a correr – e quem estará com o pé atrás – quando as luzes se apagarem em 20 de março?

38 views0 comments