• Redação

W Series: Bruna Tomaselli dá show na primeira corrida em Miami, mas sofre com pneu furado na segunda

Brasileira sai do GP de Miami na nona posição no campeonato; próxima etapa será em Barcelona, na Espanha

A brasileira Bruna Tomaselli (Racing X), disputou, neste final de semana (7 e 8), a etapa de abertura da temporada de 2022 da W Series, em Miami, nos Estados Unidos. Após uma tomada de tempos complicada, Bruna deu um show na primeira corrida, realizada no sábado, terminando na quinta posição e teve um furo de pneu na etapa de domingo. No final, a brasileira sai do GP de Miami no Top 10 do campeonato.


O GP de Miami estava cercado de expectativas, já que o circuito era inédito e estreava no calendário da Fórmula 1 nesta temporada. Com um traçado semelhante a uma pista de rua, a expectativa era de que boas corridas seriam realizadas na etapa de abertura da temporada da W Series. E foi. A tomada de tempos única definiu o grid de largada das duas corridas programadas para o final de semana. “Não conseguimos ir tão bem na tomada de tempos. A bandeira vermelha no final atrapalhou minha melhor volta, então ficamos abaixo do que poderíamos para as duas corridas”, disse Bruna que classificou seu carro na 14ª posição no grid para a primeira corrida e 13ª posição para a segunda prova. “Eu, realmente, fiquei chateada com o nosso treino classificatório, pois sabia que poderia estar mais à frente no grid. Além disso, a pista não conta com muitos pontos de ultrapassagem, então apostamos em uma estratégia diferente para a corrida”, completou a catarinense.


Apostando em muitas bandeiras amarelas e safety-car, Bruna definiu uma estratégia de acerto do carro contando com essas situações durante a corrida do sábado. “Eu tinha certeza que teríamos muitos acidentes, não só pelo estilo da pista, mas também por saber que a W Series é muito competitiva e faz com que as pilotos andem muito próximas o tempo todo. Então, acertamos o carro pensando nisso, para privilegiar as várias relargadas que teríamos. Como estava vindo do fundo, era tudo ou nada. No fim, deu certo e conseguimos fazer uma boa corrida”, contou Bruna, que cruzou aproveitou todas as oportunidades e ganhou oito posições na corrida, cruzando a linha de chegada na sexta posição. “Foi uma boa corrida e eu fiquei contente que consegui ser rápida e decisiva”, completou a brasileira, que após a prova, ganhou mais uma posição por conta da penalização imposta a Marta Garcia, segunda colocada.

Para a prova de domingo, Bruna sabia que teria que fazer uma nova corrida de recuperação. “Depois das punições, acho que a segunda prova teria menos acidentes. Então sabia que teria que escalar o pelotão e teríamos mais tempo em bandeira verde. Na largada, acabei perdendo um pouco de tempo, mas mesmo assim ganhei uma posição. Fiquei disputando as primeiras voltas, quando de repente, meu pneu começou a perder pressão. Perdi muito tempo até chegar aos boxes. Voltei para a pista após a troca de pneus, para ver se havia alguma chance de voltar para o pelotão. Mas, nada aconteceu e usei o tempo para ganhar mais quilometragem e ver como o carro estava”, contou Bruna, que terminou na última posição. Após a prova, foi constatado um enorme rasgo no pneu dianteiro. “Eu, realmente, não sei o que houve. O pneu rasgou. A equipe deve verificar e logo saberemos”, completou Bruna.

Mesmo não tendo pontuado no domingo, Bruna sai de Miami com 10 pontos ganhos e a nona posição na competição, empatada com a finlandesa Emma Kimilainen. “É claro que eu fico chateada com o resultado da corrida 2, pois sabia que poderia ganhar mais pontos hoje. Mas, saio confiante de que estamos na briga e agora vou trabalhar muito nessas duas próximas semanas para chegar bem em Barcelona”, disse Bruna, que faz sua segunda temporada na W Series.

A próxima etapa da W Series será disputada entre os dias 20 e 21 de Maio, em Barcelona, na Espanha.

21 views0 comments